Brighton, Cardiff e Wolves se colocam no topo com 16 pontos

por Gilmar Siqueira dia domingo, 30 de setembro de 2012 às 16:09

Bryson garantiu a vitória dos Rams sobre o Forest.

Se as coisas já estavam equilibradas na Championship, após a oitava rodada ficaram ainda mais. Isso porque o líder Brighton perdeu para o Birmingham e permitiu que Cardiff e Wolves encostassem. No clássico da rodada, o Derby County bateu o Nottingham Forest.

Enquanto o Birmingham ainda não tinha vencido fora de casa na atual campanha (e acabara de tomar 5 do Barnsley), o Brighton estava on fire e venceu seus cinco encontros anteriores. Cenário bastante favorável para o time de Gus Poyet. Entretanto, dentro de campo o que se viu foi o contrário. Um lento Brighton foi dominado por um forte Birmingham que, aos 27', abriu o placar com Chris Burke. O time de Gus Poyet melhorou um pouco na segunda parte, mas quem se destacou mesmo foi o goleiro Tomasz Kuszczak. Isso diz tudo.

O Blackpool está enfrentando um período um tanto complicado na Championship. Isso já ficou muito claro. Nesta rodada, contra o Cardiff no País de Gales, não foi diferente. Aos 17 minutos de partida Bellamy fez bela jogada pelo flanco esquerdo e cruzou para Matthew Connolly marcar. A vantagem foi ampliada dez minutos depois, quando o maestro Peter Whittingham encontrou um espaço na entrada da área e resolveu finalizar. O terceiro saiu aos 12', do segundo tempo, com Connolly outra vez. Este resultado deixou o Cardiff com os mesmos 16 pontos do Brighton.

No East Midlands Derby o Derby County foi até City Ground para confirmar a boa fase e obter a terceira vitória consecutiva. Na etapa inicial os Reds foram melhores, tanto que o goleiro Frank Fielding precisou intervir algumas vezes. No entanto, logo no início do segundo tempo o time de Sean O'Driscoll teve Dexter Blackstock expulso, após suposta agressão a Richard Keogh em uma disputa de bola. A expulsão serviu para acordar o Derby, que aos 10 minutos marcou seu gol com Craig Bryson e garantiu a vitória.

Confiram os demais resultados da nona rodada da Championship:

Wolves 1x0 Sheffield Wednesday
Middlesbrough 1x2 Leicester
Hull 1x3 Peterborough
Huddersfield 2x3 Watford
Charlton 1x1 Blackburn
Burnley 2x2 Millwall
Bristol City 2x3 Leeds
Bolton 0x1 Crystal Palace
Barnsley 1x1 Ipswich

Gillingham perde mas segue na liderança

por Gilmar Siqueira dia às 15:00

Nem Danny Kedwell salvou o Gillingham.

Nesta nona rodada da League Two o Gillingham, que estava com grande vantagem, pôde "se dar ao luxo" de perder por 2x1 para o Rochdale e ainda assim permanecer na liderança. A vantagem do time de Martin Allen sobre o Port Vale, que venceu o Bradford, agora é de três pontos. O Fleetwood bateu o Barnet e está na terceira colocação.

O Gillingham recebeu o Rochdale e saiu perdendo já aos 15 minutos, quando Andrew Tutte marcou. Para piorar a situação do time da casa, Danny Jackman foi expulso aos 30' por uma entrada dura dada justamente em Tutte. No segundo tempo Bobby Grant ampliou a vantagem dos comandados de John Coleman. Na reta final de partida Donnelly cometeu pênalti em Whelpdale e Danny Kedwell converteu, mas já era tarde para um empate dos líderes da League Two.

A tarefa do Port Vale nesta rodada foi ainda mais complicada. Os Valiants foram até o Valley Parade enfrentar um Bradford que estava com 100% de aproveitamento em casa. Mas, por incrível que pareça, foi o time de Micky Adams quem dominou o jogo, tanto que o goleiro Jon McLaughlin apareceu mais do que se poderia esperar. Ele só não conseguiu defender a finalização de Tom Pope, aos 37 do primeiro tempo, que por ventura deu a vitória aos Valiants.

O Fleetwood duelou contra o Barnet e mostrou um enorme poder de superação na partida. Com apenas 5 minutos de jogo Jake Hyde colocou os Bees à frente do marcador, anotando de cabeça. A partir daí o Trawlermen foi para cima e, aos 26', teve um pênalti marcado a seu favor. No lance o goleirão Graham Stack derrubou David Ball na área e foi expulso. O próprio Ball cobrou e converteu. Na etapa complementar, a falta de 12' para o fim, Tom Barkhuizen decretou a vitória do Fleetwood.

Confiram os demais resultados da nona rodada da League Two:

Cheltenham 2x0 Morecambe
Wimbledon 1x2 Accrington
Aldershot 0x2 York
Burton 3x3 Northampton
Chesterfield 1x1 Torquay
Dag & Red 3x0 Wycombe
Exeter 1x2 Bristol Rovers
Plymouth 1x1 Southend
Rotherham 3x1 Oxford

Tranmere deixa vitória escapar, mas segue na ponta

por Lucas Leite dia sábado, 29 de setembro de 2012 às 22:07

Douglas impediu que o Tranmere abrisse vantagem (Reprodução/Brentford)
Depois de uma pausa no meio de semana para a disputa da Capital One Cup, a League One voltou com tudo neste fim de semana. Apesar do tropeço no fim, o Tranmere foi beneficiado pelo empate do Notts County e manteve três pontos de vantagem na ponta da tabela. Melhor para o MK Dons, que se aproximou do Top Two.

Apoiado pela torcida, o Tranmere teve a chance de ampliar ainda mais sua vantagem na liderança, mas acabou cedendo o empate no último minuto de partida. Depois de jogada individual, Jean-Louis Akpa Akpro deixou o Rovers em vantagem, no entanto, Jonathan Douglas se aproveitou de lateral longo cobrado por Clayton Donaldson para, aos 51 minutos do segundo tempo, garantir o empate do Brentford e a quebra dos 100% de aproveitamento do Tranmere e casa.

Dominando o jogo desde o início, o MK Dons contou com o gol solitário de Charlie MacDonald para por fim a uma invencibilidade de cinco jogos do Crewe. O resultado coloca os comandados de Karl Robinson na terceira posição da tabela.

Outro que teve sua invencibilidade quebrada foi o Carlisle. O United recebeu o Crawley, e, após não conseguir transformar o bom futebol do primeiro tempo em gols, foi castigado na etapa complementar, quando Nathan Byrne e Nicky Adams garantiram a vitória dos Red Devils, que agora ocupam o sétimo posto da League One.

Na parte de baixo da tabela, o Coventry, de Mark Robins, sofreu, mas conseguiu sua primeira vitória na temporada. Cody MacDonald usou a cabeça para anotar, aos 44 minutos do segundo tempo, o único gol da partida.

Confira, abaixo, todos os resultados desta nona rodada da League One:

Bournemouth 1-2 Walsall
Carlisle 0-2 Crawley
Colchester 3-1 Hartlepool
Leyton Orient 0-2 Doncaster
MK Dons 1-0 Crewe
Oldham 0-1 Coventry
Portsmouth 2-1 Scunthorpe
Preston 3-2 Yeovil
Sheffield United 1-1 Notts County
Shrewsbury 0-1 Swindon
Stevenage 2-2 Bury 
Tranmere 1-1 Brentford

Steve Kean não é mais o treinador do Blackburn

por Gilmar Siqueira dia sexta-feira, 28 de setembro de 2012 às 21:33

Kean Out.

No início da semana o blog falou sobre a conturbada era Steve Kean no Blackurn. Até então não havia confirmação de sua saída. Porém, nesta sexta-feira (28) o escocês renunciou ao cargo dizendo que sua situação em Ewood Park estava insustentável.

Kean assumiu o clube em dezembro de 2010 substituindo Sam Allardyce e desde então viveu momentos muito complicados. Ele nunca foi uma unanimidade entre os torcedores (aliás, era odiado pela maioria deles) e ainda não conseguiu salvar os Rovers do rebaixamento.

O curioso é que ainda no período da manhã de sexta-feira, o técnico se reuniu com Derek Shaw, diretor do clube, e disse que a conversa havia sido muito proveitosa. Mais tarde, após a renúncia de Kean, Shaw se mostrou bastante confuso com a decisão tomada pelo escocês.

Em seu comunicado, no site do Blackburn, Kean disse o seguinte: "Por razões que eu não posso discutir em pareceres jurídicos, é com profundo pesar, dado o meu trabalho para o clube nos últimos anos, que fui forçado a renunciar como treinador do Blackburn Football Club com efeito imediato, devido a minha posição se tornar insustentável.

"Gostaria de agradecer a todos os jogadores e a equipe técnica por seu apoio e a maioria dos torcedores, que agora veem o clube caminhando para um acesso direto à Premier League. Desejo tudo de bom para o futuro".

Horas mais tarde foi a vez de Derek Shaw se pronunciar sobre a renúncia: "Eu tenho falado com Anuradha Desai (proprietária do clube) e ela está muito desapontada com a decisão de Kean.

"Steve, depois de muito pensar, renunciou. Ele viajou com a equipe para o jogo de amanhã contra o Charlton, mas seguramente a pressão o fez renunciar".

Toda esta história é muito estranha pela forma como ocorreu. No mesmo dia Kean afirma que está tudo bem, viaja com o elenco e na sequência renuncia. Além do mais, os Venky não estavam muito contentes com a média de público em Ewood Park nesta temporada e o treinador escocês provavelmente era considerado a causa deste problema.

Leeds e Swindon surpreendem na terceira fase da Capital One Cup

por Lucas Leite dia quarta-feira, 26 de setembro de 2012 às 23:57

A classificação foi muito comemorada pelos jogadores (Reprodução/Leeds)
Neste meio de semana, a bola rolou pela terceira fase da Capital One Cup. Destaque para as classificações de Swindon e Leeds, além da boa partida do Crawley na derrota para o Swansea. Em contrapartida, Wolverhampton e Coventry foram humilhados por Chelsea e Arsenal, respectivamente. 

Em Elland Road, o Leeds fez valer a força de sua camisa para, mesmo cheio de desfalques, bater o time misto do Everton e avançar à próxima fase. Dominando o meio campo desde o início, os Whites abriram o placar logo aos quatro minutos, quando Aidan White se livrou de dois marcadores antes de acertar o ângulo de Jan Mucha. No segundo tempo, Rodolph Austin desviou chute de Danny Pugh e ampliou a vantagem dos anfitriões, mas Sylvain Distin descontou para o Everton, que pressionou ainda pressionou - sem sucesso - em busca do empate nos minutos finais.

Quem também se garantiu entre os 16 melhores da Copa foi o Swindon. Os Robins receberam o Burnley e abriram logo dois gols de vantagem, com Paul Benson e Andy Williams. Na etapa complementar, Charlie Austin diminuiu o prejuízo dos visitantes, mas Troy Archibald-Henville, a seis minutos do fim, garantiu a classificação aos comandados de Paolo Di Canio. 

No Broadfield Stadium, o Crawley foi valente, chegando a estar à frente do marcador, mas não conseguiu suportar a pressão do Swansea. Os Cisnes inauguraram o placar com o excelente Miguel Michu, mas Josh Simpson e Hope Akpan colocaram os Red Devils em vantagem. Nos 20 minutos finais, o time visitante se lançou de vez ao ataque, marcando mais duas vezes em cabeçadas de Danny Graham e Garry Monk. 

Wolverhampton e Coventry foram a Londres com a difícil missão de parar os gigantes Chelsea e Arsenal, mas sucumbiram aos rivais. Enquanto os Lobos foram derrotados por 6x0, os Sky Blues perderam por 6x1 para a equipe de Walcott e companhia. 

Confira todos os jogos que envolveram equipes da Football League nesta fase:

Swindon 3x1 Burnley
Leeds 2x1 Everton
Preston 1x3 Middlesbrough
Southampton 2x0 Sheffield Wednesday
Chelsea 6x0 Wolverhampton
Crawley 2x3 S
wansea
Bradford 3x2 Burton
MK Dons 0x2 Sunderland
Norwich 1x0 Doncaster
Arsenal 6x1 Coventry
Carlisle 0x3 Tottenham

*Clique aqui e confira todos os confrontos das oitavas de final

Kevin Blackwell é o novo técnico do Bury

por Lucas Leite dia às 14:23

O técnico terá a difícil missão de reerguer o Bury (Reprodução/Guardian)
Sem técnico desde o início da temporada, quando Richie Barker trocou o clube pelo Crawley, o Bury anunciou que Kevin Blackwell será o 37° treinador de sua história.

Com passagens por Leeds United e Luton Town, Blackwell, 53, estava sem clube desde agosto de 2010, quando foi demitido do Sheffield United, ainda no início da campanha que culminou no rebaixamento do clube à League One.

Agora, o técnico, que retorna ao clube onde ele foi treinador de goleiros e assistente técnico após mais de uma década, terá a difícil missão evitar o rebaixamento dos Shakkers à League Two. O comandante será auxiliado por Peter Shirtliff, que dirigiu o clube durante este início de temporada

Brighton é o novo líder da Championship

por Gilmar Siqueira dia segunda-feira, 24 de setembro de 2012 às 21:32

Ashley Barnes.

Com os tropeços de todos os rivais do topo da tabela e sua vitória sobre o Millwall, o Brighton assumiu a liderança da Championship. Outro que seu deu bem foi o Huddersfield, chegando à segunda colocação. Na parte de baixo, o Peterborough perdeu mais uma.

Tendo certeza apenas da derrota do Blackburn para o Middlesbrough que aconteceu no dia anterior, o Brighton foi ao The Den e fez a sua parte. Logo aos 17 minutos de jogo Ashley Barnes colocou a equipe visitante à frente, aproveitando belo passe de Will Buckley. O segundo gol veio aos 5' da etapa final, quando Adam El-Abd foi oportunista em uma cobrança de escanteio. Como se não bastasse sofrer dois gols, os Lions ainda foram "premiados" com a expulsão de Chris Taylor. A falta de 11' para o fim Chris Wood descontou, mas já era tarde demais.

No jogo que encerrou a sétima rodada, o Huddersfield enfrentou o Blackpool e mostrou ser uma grata surpresa. Aos 13 minutos Lee Novak colocou os comandados de Simon Grayson em vantagem. O Blackpool até empatou com Taylor-Fletcher, aos 27', mas no último minuto da etapa inicial James Vaughan colocou os Terriers em vantagem outra vez. No segundo tempo, foram suficientes três minutos para que o Huddersfield pudesse decidir o jogo e deixar o Blackpool na lona. Oliver Norwood marcou o terceiro gol.

Quem não vive um momento nada bom é o Peterborough. O time de Darren Ferguson não somou sequer um ponto em sete rodadas. Neste fim de semana recebeu, em London Road, o Wolverhampton e perdeu de novo. Os Wolves abriram o marcador com Ebanks-Blake, aos 33', cobrando pênalti cometido por Grant McCann. O time de Stale Solbakken não precisou ser brilhante para vencer, tanto que Bjorn Sirgurdarson fechou a conta apenas na reta final de partida.

Confiram todos os resultados da sétima rodada da Championship:

Blackburn 1x2 Middlesbrough
Birmingham 0x5 Barnsley
Watford 2x2 Bristol City
Sheffield Wednesday 1x2 Bolton
Peterborough 0x2 Wolves
Millwall 1x2 Brighton
Leeds 2x1 Nottingham Forest
Ipswich 1x2 Charlton
Derby 1x2 Burnley
Crystal Palace 3x2 Cardiff
Leicester 3x1 Hull
Blackpool 1x3 Huddersfield.

Gary Waddock e John Ward se juntam a lista de técnicos demitidos

por Lucas Leite dia às 13:15


Com apenas oito rodadas disputadas na League One e League Two, o número de técnicos demitidos é cada vez maior. Neste fim de semana foi a vez Gary Waddock e John Ward engrossarem a lista, já composta por Terry Brown, John Sheridan e Andy Thorn.

Após perder suas últimas três partidas, Gary Waddock teve sua demissão confirmada pelo Wycombe. Responsável pelo acesso à League One em 2010/2011 e pela queda à League Two na temporada seguinte, Waddock, 50, deixa o clube na 21ª colocação, com apenas uma vitória em sete jogos (os Chairboys tem uma partida por fazer). Auxiliado por Richard Dobson, o volante e capitão Gareth Ainsworth assumirá o comando da equipe de forma interina.

Em situação tão complicada quanto, o Colchester também tornou oficial a saída de John Ward. Sem vencer nenhuma de suas nove partidas nesta temporada, o treinador deixa os U's na zona de rebaixamento da League One. Enquanto não encontra um substituto, o assistente técnico Joe Dunne foi nomeado como técnico temporário.

Finalmente "Kean Out"?

por Gilmar Siqueira dia domingo, 23 de setembro de 2012 às 21:44

Kean Out. Venky Out.

Após a derrota para o Middlesbrough na última sexta-feira (21), o Lancashire Telegraph divulgou a notícia de que os proprietários do Blackburn estavam cogitando seriamente a demissão do técnico Steve Kean. Alguns jornalistas até declararam que saída do escocês é iminente.

Kean é seguramente um dos treinadores mais odiados das história do futebol inglês. Não pelos seus rivais, mas sim pelos próprios torcedores do Blackburn. Isso tudo começou no fim de 2010, quando os empresários indianos do VH Group (a família Venky) compraram o clube e destituíram o experiente Sam Allardyce. Esperava-se que Kean também deixasse o clube, mas em janeiro de 2011 ele passou de interino a treinador principal, lançando até mesmo críticas públicas contra Allardyce.

Somem todos estes fatores e o resultado será uma torcida muito furiosa. Eles não gostaram da aquisição dos Venky e muito menos da efetivação de Kean no banco de reservas. Até o momento sua experiência era apenas como auxiliar. Ele estava completamente despreparado para assumir um time que vivia maus momentos na Premier League. Como se não bastasse isso, os Venky também não sabiam como administrar o clube. Tantos problemas culminaram na queda do Blackburn para a Championship ao final da temporada 2011-2012.

O problema é que, ao longo do tempo, as críticas a Steve Kean foram se intensificando e o escocês chegou a receber ameaças de morte. Há cerca de um ano ele não pode andar pela cidade sem a companhia de seguranças. A torcida o vê como uma mancha que representa os Venky e que traiu Sam Allardyce.

"Sam está com raiva de mim, mas eu consigo dormir à noite. Eu nunca fiz nada para prejudicá-lo. Eu trabalhei boa parte de minha carreira para Sam.

"Dizem que eu o apunhalei pelas costas. Anteriormente me ofereceram empregos em circunstâncias semelhantes e eu disse não. Quando Chris Coleman deixou a Real Sociedad me ofereceram a chance de ficar mas eu me neguei. Pensei que era apenas interino no Blackburn. Eles (Venky) estavam cogitando outros nomes e eu acreditava que seria demitido assim que o novo técnico chegasse.

"Eu liguei para Sam no dia em que ele foi demitido. Eu disse que o ajudaria a vir até o campo de treinamento falar com os jogadores. Não poderia fazer isso se soubesse algo de antemão", declarou Kean na época.

As coisas nunca foram fáceis para ele, mas conforme a campanha dos Rovers ia piorando, sua situação também ia ficando cada vez mais insustentável. Ainda assim Venkatesh Rao e Balaji, irmãos Venky e diretores do VH Group, fizeram questão de mantê-lo para a disputa da Championship. Reforços de peso como Danny Murphy, Dickson Etuhu, Leon Best (que logo se lesionou), Kazim Richards, Nuno Gomes e Jordan Rhodes chegaram. Parecia que finalmente Kean encontraria a paz.

Enganou-se quem acreditou nisso. Mesmo antes de a temporada começar o senhor Shebby Singh, conselheiro do clube, disse que se o técnico não ganhasse seus primeiros três jogos seria demitido. E não foi só isso. Singh também criticou Morten Gamst Pedersen, chamando-o de "ex-jogador em atividade".

Se passaram sete jogos e o Blackburn perdeu apenas uma vez (como já foi dito, para o Middlesbrough). Utilizar esta derrota como justificativa para a possível demissão de Kean seria mascarar a verdade. O escocês não fez um bom trabalho (pelo menos não na Premier League), não agrada a torcida e isso -aparentemente- está provocando um êxodo em Ewood Park. Consequentemente, menos dinheiro para os indianos.

A família Venky está em uma posição bastante complicada. A partir do momento em que apostaram na permanência de Kean, compraram uma enorme briga com a torcida. Briga esta que, pelo patamar que atingiu, não acabaria apenas com a saída do escocês. 

Depois da chegada de reforços e de um bom começo na Championship, eles escolheram o pior momento possível para tomar esta decisão. É preciso se ter em mente que absolutamente todos os jogadores se compadeceram do verdadeiro drama pelo qual passou Steve Kean e uma revolta por parte deles contra os proprietários não seria nada saudável para o Blackburn.

Tranmere goleia e mantém vantagem na ponta da League One

por Lucas Leite dia sábado, 22 de setembro de 2012 às 22:46

Jake Cassidy deixou sua marca duas vezes (Reprodução/Tranmere)
Neste sábado, a bola rolou para oitava rodada da League One. Destaque para as goleadas de Tranmere e Swindon, além da péssima estreia do técnico Mark Robins no comando do Coventry.

O líder Tranmere foi a West Sussex e, apesar do susto nos minutos iniciais, garantiu sua sexta vitória na competição diante do Crawley. Os visitantes chegaram ao primeiro tento logo aos dois minutos, com Danny Holmes, mas Josh Simpson e Kyle McFadzean colocaram os Red Devils em vantagem. A partir daí, o Rovers se lançou de vez ao ataque e voltou a passar à frente com o artilheiro Jake Cassidy, que deixou sua marca duas vezes, Jean-Louis Akpa Akpro e Andy Robinson.

Jogando em casa, o Notts County não encontrou dificuldades para derrotar o Portsmouth e manter o segundo posto na tábua de classificação. O atacante francês Yoann Arquin e o excelente Alan Judge, em chute da entrada da área, foram os responsáveis pela quinta vitória dos Magpies na liga.

Em County Ground, o Swindon contou com dois gols de Matt Ritchie para bater o Bournemouth e assumir o quinto lugar da competição. Andy Williams e Adam Rooney completaram a goleada dos comandados de Paolo Di Canio.

Na parte de baixo da tabela, o Coventry acumulou sua oitava derrota, desta vez diante do Carlisle, em jogo marcado pela estreia do técnico Mark Robins. Danny Cadamarteri, em cobrança de pênalti, abriu o placar para o United, mas David McGoldrick deixou tudo igual para os Sky Blues 13 minutos depois. Depois do intervalo, no entanto, Danny Livesey assegurou a vitória do Carlisle, para a revolta geral dos presentes na Ricoh Arena, que vaiaram a equipe da casa após o apito final.

Confira, abaixo, todos os resultados desta oitava rodada da League One:

Brentford 1-0 Oldham
Bury 1-4 MK Dons
Coventry 1-2 Carlisle
Crawley 2-5 Tranmere
Crewe 1-1 Leyton Orient
Doncaster 1-1 Stevenage
Hartlepool 2-2 Shrewsbury
Notts County 3-0 Portsmouth
Scunthorpe 1-0 Colchester
Swindon 4-0 Bournemouth
Walsall 3-1 Preston 
Yeovil 0-1 Sheffield United

Gillingham bate Port Vale e amplia vantagem

por Gilmar Siqueira dia às 20:01

Corr dedicou o gol ao fisioterapeuta do Southend.

No principal jogo desta oitava rodada da League Two, o Gillingham visitou o Port Vale e venceu por 2x0. Sua vantagem sobre os Valiants agora é de 6 pontos. O Exeter teve a oportunidade de encostar, mas perdeu para um Southend que finalmente pôde contar com Barry Corr.

Ainda que o ataque do Port Vale estivesse muito bem, a constância do Gillingham pesou mais. Prova disso foi que logo aos 11 minutos Deon Burton aproveitou um cruzamento de Robbie Findley para colocar o time visitante em vantagem. Antes mesmo de o primeiro tempo terminar, aos 25', Chris Whelpdale anotou o segundo. Esta foi a primeira derrota dos Valiants em casa na temporada.

O primeiro tempo em Roots Hall foi bastante monótono. Southend e Exeter não saíram do 0x0. Por sorte a etapa complementar foi diferente. O City abriu o placar aos 6', com Scot Bennett. Mas a partir daí só deu Southend. Faltando 20 minutos para o fim Paul Sturrock colocou em campo Barry Corr, que estava finalmente disponível após 17 meses sofrendo com uma lesão. O mais incrível é que, estando menos de 10' no gramado, ele empatou o jogo para os Shrimpers. A virada veio aos 43' quando Freddy Eastwood, que também saiu do banco, deixou o dele.

Outro que se deu bem na rodada foi o Bradford. Os Bantams venceram o Oxford, que segue em queda livre, e chegaram aos mesmos 16 pontos de Port Vale e Exeter. O primeiro tento foi marcado aos 7' do segundo tempo, por Andrew Davies. Quem fechou o placar foi Nahki Wells, aos 28'. Esta foi a primeira vitória do Bradford fora de casa e a quinta derrota consecutiva do Oxford Utd.

Confiram todos os resultados da oitava rodada da League Two:

Accrington 1x0 Aldershot
Barnet 0x0 Rotherham
Bristol Rovers 0x0 Fleetwood
Morecambe 2x3 Plymouth
Northampton 0x0 Chesterfield
Oxford 0x2 Bradford
Port Vale 0x2 Gillingham
Rochdale 2x2 Dag & Red
Southend 2x1 Exeter
Torquay 1x1 Burton
Wycombe 0x1 Wimbledon
York 0x0 Cheltenham.

Football League Preview: 22 e 23 de setembro

por Gilmar Siqueira dia sexta-feira, 21 de setembro de 2012 às 21:21

Tom Pope.

Neste fim de semana podemos ter mudanças no topo das tabelas das três divisões da Football League e, como já é de costume, o blog comentará sobre as partidas mais interessantes.

Na Championship o líder Blackburn já perdeu para o Middlesbrough e o Blackpool enfrentará o Huddersfield na segunda-feira. Isso abre espaço para três clubes que, assim como os Tangerines, estão com 13 pontos. O primeiro deles é o Cardiff, que visitará um embalado Crystal Palace. Se por um lado o time galês venceu seus últimos 3 jogos, por outro os comandados de Dougie Freedman somaram 9 pontos também nas 3 partidas anteriores.

Outro que pode assumir, ainda que momentaneamente, a primeira colocação é o Brighton. Os Seagulls não perdem a 5 jogos e, com um elenco muito interessante, estão finalmente conseguindo se firmar na Championship. A equipe de Gus Poyet irá enfrentar o Millwall em The Den. O retrospecto dos Lions contra o Brighton não é dos melhores, haja vista que marcou apenas um gol nos últimos sete encontros.

No domingo (23), o Hull City irá até o King Power Stadium enfrentar um oscilante Leicester City, visando também a liderança da Championship. Os Tigers, que contam com um potente ataque tendo marcado 13 gols nas últimas partidas, depositarão suas esperanças em um fantástico Sone Aluko para bater os Foxes.

Na League One, Tranmere e Crawley Town protagonizarão o grande jogo da rodada. Os Rovers, que lideram a terceira divisão, não contarão com o defensor Ian Goodison. Enquanto isso Richie Barker terá à sua disposição o argentino Sergio Torres. Segundo Ronnie Moore, técnico do Tranmere, este será "um jogo difícil, mas não há jogos fáceis. Precisamos melhorar como um grupo e ao longo dos anos tem sido sempre assim no Tranmere".

Na parte de baixo de tabela Scunthorpe e Colchester se enfrentarão em Glanford Park. O Iron, que teve um péssimo início de temporada, somou dois empates e uma vitória nas últimas três partidas e busca aumentar esta marca contra um Colchester que ainda não venceu na atual campanha.

Por fim, na League Two, teremos o duelo de líder contra vice-líder. O primeiro colocado Gillingham irá até o Vale Park enfrentar a equipe mais on fire da temporada, o Port Vale. Os comandados de Micky Adams marcaram nada menos do que 14 gols em seus últimos três jogos. O Gillingham de Martin Allen, por outro lado, é um exemplo de solidez, mantendo-se invicto há 7 partidas. O duelo promete.

Quem torce para um empate entre Gillingham e Port Vale é o Exeter City. Os Grecians estão na terceira colocação, com 13 pontos e irão até Roots Hall para um embate contra o Southend. Os Shrimpers, que finalmente haviam embalado na atual campanha, procurarão se recuperar da derrota sofrida diante do Gillingham.

Mark Robins assume o Coventry City

por João Pedro Almeida dia quinta-feira, 20 de setembro de 2012 às 21:23


Após três semanas, o Coventry anunciou seu novo técnico. O ex-atacante do Manchester United Mark Robins é quem irá assumir o comando do time após a saída de Andy Thorn.

Depois de passagens por Rotterham e Barnsley, o treinador terá a missão de fazer os Sky Blues esquecerem o pífio começo de campeonato que tiveram, já que se encontram na vigésima terceira colocação, sem nenhuma vitória em sete jogos. O próximo jogo do Coventry é contra o Carlisle, em casa.



Terry Brown não é mais técnico do AFC Wimbledon

por Lucas Leite dia quarta-feira, 19 de setembro de 2012 às 15:46

O treinador deixa o clube após cinco anos (Reprodução/AFC Wimbledon)
Após mais uma derrota, a quinta em sete jogos, a diretoria do Wimbledon confirmou a demissão do técnico Terry Brown e de seu assistente, Staurt Cash, após chegar a um acordo amigável com ambos.

Contratado em 2007, Brown, de 42 anos, conquistou três promoções em um espaço de quatro anos, entre elas a que levou o Dons à Football League pela primeira vez desde sua fundação, em 2002. Nesta temporada, entretanto, o treinador deixa o clube com apenas uma vitória, na 21ª colocação.

Enquanto a diretoria procura por um novo comandante, Simon Bassey - atuante no clube há dez anos, seja como jogador, seja como assistente técnico - assume a equipe de forma interina.

Football League Preview: 18 e 19 de setembro

por Lucas Leite dia terça-feira, 18 de setembro de 2012 às 13:41

Jordan Rhodes e Nuno Gomes continuarão a parceria de sucesso?
(Reprodução/Blackburn)
Mesmo com todos os olhos do mundo voltados para a abertura da Champions League, as divisões inferiores da Inglaterra seguem em ritmo alucinante. O blog te mostra em quais jogos prestar atenção no meio de semana.

Na League Two, o Gillignham tenta manter a liderança diante do Southend, que venceu suas últimas três partidas. Ambos os treinadores devem manter as equipes que bateram, respectivamente, Bristol Rovers e Cheltenham.

Em Highbury, os invictos Fleetwood e Port Vale medem forças no grande embate da rodada. Os Vilaints devem promover mudanças na equipe pela primeira vez após sete jogos, enquanto o Town espera pelo retorno do artilheiro Jon Parkin, que não atuou na derrota para o Northampton.

Fechando a rodada, na quarta-feira, o Burton recebe o York, em confronto direto por um lugar na zona dos play-offs. Se por um lado, os anfitriões não poderão contar com o lesionado Chris Palmer, por outro, Gary Mills não tem nenhum problema para escalar o City.

Líder da League One, o Tranmere recebe o ante-penúltimo Bury, em confronto de opostos. Os Shakkers, que ainda não confirmaram os retornos de David Healy e Efe Sodje, não terão o volante Phil Picken à disposição. Pelo lado do Rovers, Ronnie Moore deve levar a campo a mesma equipe do último fim de semana.

Ainda lutando para se afastar da zona de rebaixamento, o Portsmouth recebe o Swindon, que tenta mais uma vez se aproximar das primeiras colocações. O Pompey, que deve promover a estreia do zagueiro Lubomir Michalik, volta a ter Jordan Obita disponível, após o winger cumprir três jogos de suspensão. Nos Robins, Alan Navarro, recuperado de lesão no joelho, pode ser a novidade.

Na parte de baixo da tabela, Shrewsbury e Coventry se reencontram após 49 anos. Sem técnico desde a demissão de Andy Thorn, os Sky Blues seguem sem poder contar com o meia David Bell. Nos Shrews, Graham Turner tem como única dúvida a manutenção de Tom Bradshaw ou a entrada de Terry Gornell no comando de ataque.

Pela Championship, o Blackburn, de Jordan Rhodes e Nuno Gomes, recebe o Barnsley, que parou Blackpool no último fim de semana. Desfalcado de Bobby Hassell, suspenso, Jim McNulty, Toni Silva, Jim O'Brien e Mido, todos machucados, os Tykes devem ver Luke Steele debutar na temporada, depois que o goleiro se recuperou de lesão na virilha. No Blackburn, o técnico Steve Kean tem como principais dúvidas o meia Markus Olsson e o defensor Gael Givet.

Derrotado em apenas um dos últimos 25 jogos disputados em St Andrews, o Birmingham tenta sua segunda vitória na competição diante do Bolton. Ainda sem o capitão Stephen Carr, os Blues voltam a ter o atacante Nikola Zigic e o zagueiro Curtis Davies à disposição. 

Na quarta, Sheffield Wednesday e Huddersfield se encontram pela primeira vez após o acesso para a Championship, na última temporada. Nos Owls, a principal novidade por ser o retorno do excelente Reda Johnson, recuperado de lesão. Os Terries, por sua vez, tem Adam Hammill como grande dúvida. 

Clique aqui e confira o horário de todos os jogos do meio de semana

Times da semana: 17 de setembro

por João Pedro Almeida dia às 10:42

Como de costume, a Football League, em conjunto com a Press Association, divulga a cada semana um time ideal dos jogadores que mais se destacaram durante a última rodada nas três divisões. Confira, abaixo, os jogadores eleitos pela entidade: 

Na League Two, chama a atenção a "invasão" de jogadores do Burton, que colocou três atletas no onze ideal da rodada. Destaque para o atacante Calvin Zola e o winger Jacques Maghoma, que marcaram dois gols cada na goleada sobre o Burton. Chesterfield (Terrel Forbes e Chris Atkinson) e Bradford (Zander Diamond e Gary Jones) também garantiram dois representantes cada no time da semana.

Clique na imagem para ampliar 
Já a League One foi dominada pelo Crawley, que encerrou uma invencibilidade de cinco jogos do Preston. Kyle MacZadzean e Mat Sadler formam o lado direito da defesa, enquanto Nicky Adams ocupa o lado esquerdo do meio campo. Principal jogador do Scunthorpe na vitória sobre o Shrewsbury, Mark Duffy completa o meio com Darren Potter, do MK Dons, e David Cotterill, do Colchester. Ajay Leitch-Smith e Jake Jarvis formam a dupla de frente. Os atacantes marcaram dois gols cada, nos respectivos empates contra Stevenage e Swindon.  

Clique na imagem para ampliar
Enquanto isso, na Championship, o time que mais emplacou jogadores foi o Burnley, que teve três representantes no selecionado após bater o Peterborough por 5 a 2. Dentre eles, Charlie Austin, autor de dois gols, assim como Jordan Rhodes, do Blackburn, seu companheiro de ataque, que liderou seu time na vitória por 5 a 3 fora de casa sobre o Bristol City. O Hull City teve dois representantes após a vitória por 2 a 0 sobre o Ipswich, assim como o Middlesbrough, que bateu o Milwall por 4 a 1.

Clique na imagem para ampliar 

Oldham Athletic se une à batalha contra o câncer de próstata

por Gilmar Siqueira dia segunda-feira, 17 de setembro de 2012 às 21:41

Fantástica iniciativa!

No fim da semana passada o Oldham anunciou oficialmente que aderiu à campanha de combate contra o câncer de próstata no Reino Unido. Os Latics fizeram uma parceria inédita com a organização Prostate Cancer UK, que tem total apoio da Football League.

A equipe da League One levará o logo da organização na camisa até o fim da temporada. A expectativa é que para a próxima campanha, a TFL faça com que a maioria dos times adicione o logo em seus respectivos uniformes. A iniciativa é, sem dúvidas, maravilhosa e ajudará demais na conscientização da doença que ainda representa um certo tabu para muitos homens.

Houve, inclusive, um caso da enfermidade dentro do clube. No ano passado o diretor Barry Owen, de 65 anos, diagnosticou o problema através de um usual check-up. Ele optou pela cirurgia e hoje em dia faz consultas regulares com seu médico visando um monitoramento de seu quadro clínico.

"Eu sei muito bem como é importante falar com seu médico se você tiver quaisquer preocupações sobre a sua saúde. Quanto mais cedo estas conversas acontecerem, mais cedo eventuais problemas podem ser detectados", declarou Owen, cujo pai também sofreu com o câncer de próstata há alguns anos.

"A parceria com o Prostate Cancer UK é uma excelente maneira de aumentar a consciência sobre a doença entre as pessoas, e é por isso que os Latics não hesitaram em apoiar a iniciativa. Tentaremos o nosso melhor para passar a mensagem e incentivar os homens a pensarem mais sobre o câncer de próstata", finalizou o dirigente.

Outro que se manifestou foi Mark Bishop, diretor de captação de recursos para a organização: "Estamos muito satisfeitos que o Oldham Athletic esteja apoiando nossa parceria com a Football League no combate ao câncer de próstata.

"Estamos também muito gratos ao senhor Barry Owen por falar sobre sua própria experiência da doença em uma tentativa de quebrar alguns dos tabus que ainda existem.

"Esperamos que todos os torcedores dos Latics que passarem pelas catracas do Boundary Park nesta temporada fiquem ao lado do clube ajudando-o tanto quanto possível, para que PCUK possa seguir auxiliando os 250 mil homens que sofrem com este problema".

Blackburn goleia Bristol City e assume a liderança

por Gilmar Siqueira dia domingo, 16 de setembro de 2012 às 20:25

Mais um alívio para Steve Kean.

Nesta quinta rodada da Championship o Blackpool não passou de um empate (1x1) com o Barnsley e viu o Blackburn assumir a liderança. Os Rovers venceram o Bristol City por nada menos que 5x3. Outra equipe que chamou muito a atenção foi o Burnley, que venceu o Peterborough por 5x2.

No dia em que completou 125 anos o Banrsley teve a duríssima missão de enfrentar o Blackpool. E não se saiu mal, haja vista que aos 14 minutos do primeiro tempo abriu o placar com gol marcado por Craig Davies. A festa durou pouco, já que Thomas Ince -que está on fire neste início de temporada- empatou a peleja aos 30. A etapa complementar foi bem menos emocionante. A melhor chance saiu dos pés de Tiago Gomes (que entrou no lugar de Taylor-Fletcher). Mas não passou de 1x1.

O Blackburn visitou o Bristol City e, com menos de um minuto, já estava em desvantagem. Albert Adomah colocou o time local à frente aos 48 segundos de jogo. Pelo menos o gol serviu para acordar os Rovers, que empataram aos 28' com Jordan Rhodes (primeiro gol dele com a camisa do clube). Mas não se enganem, a etapa complementar foi muito melhor. Bastaram 10 minutos para que Nuno Gomes virasse a partida. O City, por sua vez, não deixou barato e empatou com Stephen Pearson (24'). Os torcedores dos dois times quase surtaram quando, a falta de 10' para o fim, quatro gols aconteceram. O primeiro foi de Rochina (36'). Dois minutos depois Sam Baldock empatou de novo para o Bristol City. Mas, nos acréscimos, Jordan Rhodes e Scott Dann deram a vitória e a liderança aos Rovers.

Burnley e Peterborough se enfrentaram no Turf Moor e os Clarets conseguiram uma vitória fantástica. Tudo começou aos 7 minutos, quando Chris McCann colocou o time da casa à frente do marcador. O empate do Posh veio aos 20', quando Lee Tomlin cobrou pênalti com precisão e converteu. A virada saiu dos pés de Nathaniel Mendez-Laing, aos 23'. Mas o Clares voltaram a empatar graças a Michael Bostwick, que  marcou contra aos 39'. No segundo tempo só deu Burnley. A equipe anfitriã anotou mais três tentos com Charlie Austin (aos 29' e aos 36') e Junior Stanislas (aos 41').

Confiram todos os resultados da sexta rodada da Championship:

Nottingham Forest 2x2 Birmingham
Middlesbrough 2x0 Ipswich
Hull 4x1 Millwall
Huddersfield 1x0 Derby County
Cardiff 2x1 Leeds
Burnley 5x2 Peterborough
Bristol City 3x5 Blackburn
Bolton 2x1 Watford
Barnsley 1x1 Blackpool
Wolves 2x1 Leicester

Beneficiado pelo empate do Notts County, Tranmere retoma a liderança

por Lucas Leite dia sábado, 15 de setembro de 2012 às 20:19

Robinson prestou sua homenagem aos mortos em Hillsborough
(Reprodução/Tranmere)
Ao contrário da temporada passada, onde os favoritos ao acesso se pareciam definidos, a League One segue extremamente disputada em 2012/2013. Tanto, que nesta sexta rodada a liderança mais uma vez mudou de mãos.

Em Prenton Park, o Tranmere contou com gols de Jake Cassidy e Andy Robinson, já nos minutos finais, para bater o Coventry e retornar à liderança da competição. Ainda sem um comandante, os Sky Blues seguem na vice-lanterna.

Logo atrás dos Rovers, vem o Notts County, que sentiu a força da nova dupla de ataque do Oldham e apenas empatou longe de seus domínios. Mesmo estando duas vezes à frente do placar - com Loss Labadie e Jamal Campbell-Ryce - os Magpies, que tiveram Andre Boucaud expulso ainda no primeiro tempo, viram os recém-chegados Matt Derbyshire e Jose Baxter garantirem um ponto ao time da casa. Apesar do empate, o Notts chega aos 10 jogos de invencibilidade fora de casa, algo que não acontecia desde 1971.

Na  parte de baixo da tabela, o Scunthorpe viu finalmente uma luz no fim do túnel ao quebrar uma invencibilidade de 18 meses e 34 jogos do Shrewsbury em New Meadow. Leon Clarke, logo aos cinco minutos, marcou o gol solitário da primeira vitória do Iron na competição.

Confira todos os resultados desta sexta rodada da League One:

Leyton Orient 1x0 Brentford
Bournemouth 1-1 Hartlepool 
Carlisle 2-2 Swindon
Colchester 1-2 Doncaster
MK Dons 1-0 Yeovil
Oldham 2-2 Notts County
Portsmouth 1-2 Walsall
Preston 1-2 Crawley
Sheffield United 1-1 Bury
Shrewsbury 0-1 Scunthorpe
Stevenage 2-2 Crewe
Tranmere 2-0 Coventry

Gillingham goleia Bristol Rovers e se isola na liderança

por Gilmar Siqueira dia às 19:39

Calvin Zola.
Após ter seu treinador, Martin Allen, ser eleito o melhor do último mês na League Two, o embalado Gillingham recebeu o Bristol Rovers e venceu por 4x0. O Port Vale bateu o Plymouth por 3x1, de virada, e garantiu a segunda colocação. Seguindo em uma brusca queda, o Oxford United tomou 4x0 do Burton Albion.

O Bristol Rovers viu que não teria vida fácil fora de casa logo aos 5 minutos, quando Danny Kedwell colocou os Gills à frente do marcador cobrando pênalti. A partir daí os comandados de Martin Allen dominaram completamente a partida e Kedwell fez o segundo aos 15'. Pouco antes do fim da primeira parte Charlie Lee fez o terceiro. O segundo tempo teve um pouco menos de emoção, mas ainda assim Chris Whelpdale deixou o quarto a falta de dez para o apito final.

O vice-líder Port Vale sofreu um pouco mais do que o Gillingham, tanto que foi para o intervalo perdendo por 1x0 para o Plymouth Argyle (que mais uma vez não contou com Rhys Griffiths). Aos 18 minutos Robbie Williams abriu o placar para os Pilgrims. O empate do Vale só aconteceu aos 21', do segundo tempo, quando Jennison Myrie-Williams anotou de pênalti. Este gol serviu para acordar os comandados de Micky Adams, que foram para cima até conseguirem a virada. Aos 29' Ashley Vincent fez 2x1, mas não parou por aí e, aos 33', Ben Williamson fechou o placar.

Depois daquele belíssimo início de temporada, esta queda do Oxford começa a preocupar tanto a diretoria quanto a torcida. Graças a tentos de Calvin Zola aos 25', e Jacques Maghoma, aos 45', o Burton Albion terminou o primeiro tempo com vantagem de dois gols. A etapa complementar foi exatamente igual, haja vista que tanto Zola quanto Maghoma marcaram outra vez, totalizando 4x0. Após a derrota o treinador Chris Wilder disse o seguinte: Em quatro anos e meio esta é a tarde mais decepcionante que tive no clube".

Confira todos os resultados da sexta rodada da League Two:

Wimbledon 1x2 Rochdale
Aldershot 0x0 Morecambe
Bradford 3x0 Barnet
Burton 4x0 Oxford Utd
Cheltenham 1x3 Southend
Chesterfield 3x1Wycombe
Dag & Red 1x1 Accrington
Exeter 1x1 York
Fleetwood 1x0 Northampton
Gillingham 4x0 Bristol Rovers
Plymouth 1x3 Port Vale
Rotherham 1x0 Torquay.

Football League Preview: 14, 15 e 16 de setembro

por Lucas Leite dia sexta-feira, 14 de setembro de 2012 às 14:13

Ricardo Fuller pode estrear contra o clube que o revelou(Reprodução/Charlton)

Após uma semana sem Championship devido aos jogos internacionais, a principal divisão da Football League se junta à League One e League Two para mais uma rodada neste fim de semana. O blog te mostra em quais partidas prestar atenção:

Na League Two, destaque para o duelo de opostos entre Gillingham e Bristol Rovers. Para a partida, os Gills tem como reforços o defensor Matt Fish, recuperado de lesão no joelho, e o meia David Wright, contratado por empréstimo junto ao Crystal Palace. O Bristol, por outro lado, segue sem poder contar com os zagueiros Garry Keneth e Cian Bolger.

Em St James Park, Paul Tidsdale não deve ter problemas para escalar o Exeter diante do York City. Os Minstermen voltam a contar com os serviços do meia Patrick McLaughlin, que retorna após servir a Seleção sub-21 da Irlanda do Norte. Já os Grecians tem como principal trunfo o experiente Jamie Cureton, artilheiro do time com cinco gols na atual temporada.

Outro confronto bastante interessante será disputado no EBB Stadium. Após ser goleado pelo Fleetwood, o Morecambe tenta dar sequência a seu bom retrospecto longe de casa diante do Aldershot, que ainda não venceu em seus domínios. Recém-contratado junto ao Crystal Palace, Kwesi Appiah é a esperança dos Shots para mudar essa escrita.

Pela League One, o líder Notts County visita o Oldham, que, após as chegadas dos atacantes Matt Derbyshire e Jose Baxter, tenta se afastar da zona de rebaixamento. Nos Magpies, a principal dúvida do técnico Keith Curle é o lateral esquerdo Alan Sheehan, com lesão muscular.

Invicto na competição, o Yeovil mede forças contra o MK Dons, em Buckinghamshire. Os donos da casa não tem nenhum problema de lesão, enquanto Gavin Williams, recuperado de lesão na panturrilha, deve fazer sua primeira aparição pelo Town na temporada.

Após mais meio século sem uma partida entre as equipes, Tranmere e Coventry voltam a se encontrar no grande embate da rodada. Ainda sem técnico, os Sky Blues tentam sua primeira vitória contra o invicto Tranmere, que tem os defensores Ian Goodison e Paul Black como desfalques.

Na Championship, chamam a atenção, principalmente, as partidas realizadas nesta sexta-feira. No Amex Stadium, Birghton e Sheffield Wednesday lutam pela liderança provisória da competição. Se por um lado, os Seagulls não contarão com Andrew Crofts, por outro, os recém-contratados David Lopez e Stephen Dobbie podem debutar em casa. No Wednesday, as novidades podem ser o atacante Jay Boothroyd e o experiente defensor Martin Taylor.

A principal partida do fim de semana, no entanto, é o clássico londrino entre Charlton e Crystal Palace. Vitorioso em sete dos últimos nove confrontos contra os Eagles, o Charlton deve promover a estreia do atacante jamaicano Ricardo Fuller, ironicamente revelado pelo Palace. Os visitantes também devem ter novidade no setor ofensivo, já que o excelente David Goodwillie está apto a estrear após chegar por empréstimo junto ao Blackburn.

No sábado, o Cardiff põe sua invencibilidade de 13 jogos à prova diante do Leeds, do recém-chegado Michael Tonge. Os Galeses, que ainda tem Ben Turner como dúvida, devem ver o ídolo Craig Bellamy figurar no banco de reservas após o winger perder os últimos dois jogos por lesão.

Clique aqui e confira o horário de todos os jogos deste fim de semana

Times da semana: 11 de setembro

por João Pedro Almeida dia quarta-feira, 12 de setembro de 2012 às 20:49

Como de costume, a Football League, em conjunto com a Press Association, divulga a cada semana um time ideal dos jogadores que mais se destacaram durante a última rodada nas três divisões. Confira, abaixo, os jogadores eleitos pela entidade:

Na League 1, o time com maior destaque foi o Preston, que emplacou três jogadores na seleção após bater o Bury, por 2 a 1, fora de casa. Os três representantes do clube no selecionado foram jogadores de defesa: o goleiro Thorsten Stuckmann, que foi um dos grandes responsáveis pela manutenção da vitória de sua equipe, apesar do gol tomado nos acréscimos; o zagueiro Shane Cansdell-Sherriff, que, além da boa participação defensiva, foi o autor do segundo gol da equipe, e o lateral Scott Laird, que mostrou-se letal nas bolas paradas e assistiu para os dois tentos da equipe. Completando a defesa, outro zagueiro-artilheiro e mais um lateral "garçom": Dean Holden, que assegurou a vitória do Walsall por 1 a 0, marcando um gol e evitando com que seu time levasse um, e Tony McMahon, escalado na lateral direita, que foi o responsável pela assistência no gol de empate do Sheffield contra o Scunthorpe.

No meio, tivemos um representante do Leyton Orient (Lee Cook), um do Notts County (Jeff Hughes) e outros dois do Scunthorpe (Mark Duffy e Josh Walker). Já o ataque foi representado por Farid El Alagui, autor do gol da vitória do Brentford, e Danny Cadamarteri, que marcou o gol de empate do Carlisle contra o Hartlepool, abrindo o caminho para a virada dos visitantes.
Clique na imagem para ampliar

Já na League 2, os principais destaques se encontram no ataque. Jon Parkin marcou um hat-trick, liderando a goleada do Fleetwood sobre o Morecambe, fora de casa, por 4 a 0. Apesar dos três gols, Parkin não foi o grande o destaque. Isso porque Tom Pope marcou quatro gols na vitória do Port Vale por 6 a 2 sobre o Rotterham.

Quatro times emplacaram dois jogadores: Southend (Sean Clohessy e Ryan Cresswell), Northampton (Chris Hackett e David Artell), Port Vale (Tom Pope e Ashley Vincent) e Fleetwood Town (Dean Howell e Jon Parkin). Completam a seleção: Scot Bennett (Exeter), Jamie Young (Aldershot) e Marlon Pack (Cheltenham)
Clique na imagem para ampliar


*Como não tivemos rodada da Championship esta semana, não há time da rodada para tal competição.

League One tem novo líder; Portsmouth vence e se afasta da zona de rebaixamento

por Lucas Leite dia domingo, 9 de setembro de 2012 às 19:02

O jovem Ashley Harris é abraçado pela torcida (Reprodução/Portsmouth)
Após cinco rodadas disputadas, a League One conhece seu quarto líder diferente. Trata-se do Notts County, do excepcional Keith Curle. Destaque também para as vitórias de equipes da parte de baixo da tabela.

Em Meadow Lane, o Notts County contou com a força de sua torcida para virar a peleja contra o Shrewsbury e assumir pela primeira vez a liderança da competição. Os Magpies saíram na frente com Francois Zoko, mas viram Matt Richards, em cobrança de pênalti, e Jermaine Grandison virarem o jogo para o Town num intervalo de 60 segundos. A torcida mandante, no entanto, nem teve tempo de lamentar, já que dois minutos mais tarde, Jeff Hughes usou a cabeça para deixar tudo igual. E foi quando o jogo já parecia decidido que o experiente Lee Hughes se livrou da marcação e bateu forte, para garantir mais uma vitória aos anfitriões.

Quem também poderia encostar na ponta da tabela era o Crawley. Os Red Devils, entretanto, perderam a cabeça e o jogo para o Portsmouth. Após as expulsões de Josh Simpson e Hope Akpan, o Pompey teve espaço para jogar, e saiu na frente após excelente jogada de jogadores formados em casa. Adam Wbster cruzou para o meio da área e o jovem Ashley Harris subiu mais que a zaga para testar para o fundo da rede. A partir daí, as coisas ficaram mais fáceis e Luke Rodgers, em chute da entrada da área, e Izale McLeod ampliaram a vantagem antes do apito final.

Na parte de baixo da tabela, o Leyton Orient contou com o gol solitário de Lee Cook para somar seus primeiros três pontos na competição. De quebra, os O's colocaram fim a uma invencibilidade de 28 jogos em casa do Swindon.

Confira, abaixo, todos os resultados* desta quinta rodada da League One:

Crawley 0x3 Portsmouth
Coventry 1x2 Stevenage
Bury 1x2 Preston
Hartlepool 1x2 Carlisle
Yeovil 0x1 Bournemouth
Walsall 1x0 MK Dons
Scunthorpe 1x1 Sheffield United
Notts County 3x2 Shrewsbury
Swindon 0x1 Leyton Orient
Brentford 1x0 Colchester
Crewe 0x0 Tranmere

*Doncaster x Oldham foi adiado para o dia 27 de novembro

Gillingham mantém liderança, Exeter se aproxima e Port Vale goleia Rotherham

por Lucas Leite dia sábado, 8 de setembro de 2012 às 21:24

Tom Pope não teve dó nem piedade de seu ex-clube
(Reprodução/ This is Staffordshire)
Ao contrário de Championship, que parou devido aos compromissos internacionais das seleções, a League Two manteve seu ritmo alucinante. Destaque para o ainda líder Gillingham e para as disputas por posições na parte de cima da tabela.

Em Underhill, o líder Gillingham precisou de apenas 45 minutos para confirmar sua quarta vitória em cinco jogos. A vítima da vez foi o Barnet, clube que terminou a última temporada sob o comando do atual técnico dos Gills, Martin Allen. Bastaram dez minutos para que os visitantes construíssem uma boa vantagem no placar, com Jack Payne e Danny Kedwell. Na metade do primeiro tempo, Jack Saville usou a cabeça para diminuir o prejuízo, mas Dean Burton, já no fim da etapa inicial, manteve o Gillingham com 100% de aproveitamento longe de seus domínios.

Recém-promovido à League Two, o Fleetwood contou com um hat-trick de Jon Parkin para golear o Morecambe e se aproximar ainda mais da zona de promoção automática. O ex-atacante do Cardiff ainda contribuiu com uma assistência para o quarto e derradeiro gol dos Cod Army, anotado por Barry Nicholson.

No jogo mais aguardado da rodada, o Exeter não se intimidou com o fato de jogar fora de casa e bateu o Oxford, em confronto direto pela vice-liderança. Os Grecians abriram logo três gols de vantagem, com Jamie Cureton, em duas oportunidades, e Scot Bennett.Jake Forster-Caskey e Alfie Potter, já no segundo tempo, devolveram os anfitriões ao jogo, mas John O'Flynn, em contra-ataque rápido, voltou a dar dois gols de vantagem ao City. Sem forças para uma nova reação, os Yeollows ainda viram James Constable ser expulso, após receber seu segundo cartão amarelo.

Contudo, o principal destaque da rodada foi, sem dúvida, a excelente atuação do Port Vale frente a sua torcida. Os comandados de Micky Adams receberam o endinheirado Rotherham, de Steve Evans, e, com quatro gols de Tom Pope, atropelaram o rival direto ao acesso. Além do atacante, que já atuou pelos Millers, Louis Dodds e Ashley Vincent completaram a goleada dos Valiants. Michael O'Connor e Daniel Nardiello, em cobrança de pênalti, descontaram para o Rotherham, mas a reação parou por aí.

Confira todos os resultados desta quinta rodada da League Two:

Accrington 1x1 Bradford
Barnet 1x3 Gillingham
Bristol Rovers 2x2 Aldershot
Morecambe 0x4 Fleetwood
Northampton 2x0 Wimbledon
Oxford 2x4 Exeter
Port Vale 6x2 Rotherham
Rochdale 0x1 Burton
Southend 3x1 Dag & Red
Torquay 0x0 Plymouth
Wycombe 1x1 Cheltenham
York City 2x2 Chesterfield

Football League Preview: 8 e 9 de setembro

por Lucas Leite dia sexta-feira, 7 de setembro de 2012 às 18:50

Harry Redknapp retorna ao Bournemouth após 20 anos
(Reprodução/Daily Mail)
Ao contrário da Championship, que para na semana dedicada aos jogos das seleções nacionais, League One e League Two seguem em ritmo acelerado. Confira em quais jogos ficar de olho neste fim de semana.

Líder da League Two, o Gillingham tem apenas Matt Fish como dúvida para o embate ante o Barnet, que deve promover a estreia do zagueiro David Stephens, recém-contratado junto ao Hibernian.

Embalado pela vitória no clássico contra o Swindon, o segundo colocado Oxford recebe o terceiro, Exeter, no grande jogo da rodada. Enquanto os Yellows voltam a utilizar os poupados Sean Rigg, Deane Smalley, Simon Heslop e Alfie Potter, os Grecians aguardam o retorno do capitão Danny Coles, recuperado de lesão na virilha.

Na zona de classificação para o playoffs, o Port Vale, que ainda não foi derrotado em Vale Park, coloca seu desempenho à prova contra o Rotherham. Assim como nos cinco jogos anteriores, Mick Adams não deve promover nenhuma mudança nos Valiants.

Após recuperar a liderança da League One na última rodada, o Yeovil recebe o Bournemouth, que contará com o agora conselheiro Harry Redknapp. Os Glovers não poderão contar com o defensor Jamie McAllister, expulso na vitória de meio de semana, contra o Bristol Rovers. Nos Cherries, o excelente Eunan O'Kane, a serviço da seleção Norte-Irlandesa, é a principal baixa do técnico Paul Groves.

Em Gresty Road, o vice-líder  Tranmere mede forças com o Crewe Alexandra. Pelo lado dos anfitriões, que não contam com os lesionados Mathias Pogba e Steve Phillips, a novidade pode ser o jovem meia Chuks Aneke, recém-chegado do Arsenal. O Rovers, por outro lado, vai sem o zagueiro Ash Taylor, com problema na coxa. Em contrapartida, James Wallace, Andy Robinson, Liam Palmer e Jean-Louis Akpa Akpro, poupados na terça-feira, retornam ao time titular.

No domingo, Crawley e Portsmouth fecham a rodada* no Broadfield Stadium. Se por um lado, os Red Devils não terão Claude Davis e Sergio Torres à disposição, por outro Kyle McFadzean, Hope Akpan, Gary Alexander e Nicky Asoje voltam a figurar no onze inicial.

*Doncaster x Oldham foi adiado para o dia 27 de novembro, devido aos três jogadores dos Latics convocados para amistosos internacionais.

Clique aqui e confira o horário de todos os jogos deste fim de semana.

JPT começa sem grandes surpresas

por Gilmar Siqueira dia quarta-feira, 5 de setembro de 2012 às 20:30

Potter deu a vitória ao Oxford Utd.

Nesta terça-feira (4) começou o Johnstone's Paint Trophy, copa disputada entre os clubes da League One e da League Two. E, como é tradição na competição, os jogos foram extremamente disputados e emocionantes. Destaque para Portsmouth, Dag & Red, Coventry e Oxford United, que se sobressaíram na primeira rodada. 

O Portsmouth recebeu o Bournemouth e logo aos 5 minutos saiu perdendo. Shaun MacDonald aproveitou cruzamento de Simon Francis e marcou de cabeça. O Pompey só empatou aos 45', quando Howard fez uma belíssima jogada e entrou para Luke Rodgers anotar. Na segunda etapa MacDonald apareceu de novo, aos 14', colocando o time visitante outra vez à frente. Outro que precisou chamar o jogo mais uma vez foi Howard, que também deixou um gol. O confronto só foi resolvido nos pênaltis, quando Andersen e Pugh perderam suas cobranças e decretaram a classificação do Pompey.

Diferentemente do Portsmouth, o Dagenham & Redbridge não precisou dos pênaltis para vencer o Stevenage. Aos 13 minutos Brian Woodall colocou o time da casa em vantagem. A partir daí o Borough resolveu acordar e empatou aos 25' com Mark Roberts. Mas o empate não durou muito, já que Josh Scott fez 2x1 para os Daggers seis minutos depois. Para ampliar ainda mais o marcador Michaell Spillane marcou de pênalti aos 35'. Pese o fato de Robin Shroot ter anotado para o ex-time de Graham Westley na reta final do segundo tempo, a vitória ficou com os Daggers.

A partida entre Coventry City e Burton Albion terminou 0x0 no tempo normal. Até aí foi um dos jogos mais insossos da primeira rodada do JPT. A coisa só mudou de figura nas grande penalidades, quando os Sky Blues venceram o Albion por nada menos que 10x9. As cobranças decisivas foram dos goleiros. Enquanto Dean Lyness (que entrou no segundo tempo) perdeu seu pênalti, Joe Murphy converteu e foi herói.

No duelo mais interessante da jornada, o A420 Derby, o Oxford United bateu o Swindon Town por 1x0 com um tento marcado a falta de 2 minutos para o fim da partida. Apesar do placar magro, o jogo foi bem interessante, sobretudo pela postura ofensiva do Oxford. O "U" contou com Jon-Paul Pittman, James Constable e Tommy Craddock na frente. No Swindon quem se destacou foi o goleiro Foderingham, que salvou o time após ter sido criticado por Di Canio na última rodada da League One). O camisa "1" só não pôde fazer nada quando, aos 43' do segundo tempo, Constable entrou na área e rolou para Alfie Potter marcar.

Confiram os resultados da primeira rodada do Johnstone's Paint Trophy:

Southend 2x1 Wimbledon
Scunthorpe 1x2 Notts County
Portsmouth 2x2 Bournemouth (Portsmouth venceu por 4x3 nos pênaltis)
Northampton 1x0 MK Dons
Dag & Red 3x2 Stevenage
Crawley 3x2 Gillingham
Coventry 0x0 Burton (Coventry venceu por 10x9 nos pênaltis)
Carlisle 1x1 Preston (Preston venceu por 3x1 nos pênaltis)
Bristol Rovers 0x3 Yeovil
Accrington 0x2 Morecambe
Rotherham 0x1 York
Rochdale 2x2 Fleetwood (Rochdale venceu por 4x2 nos pênaltis)
Port Vale 2x0 Tranmere
Exeter 0x0 Aldershot (Aldershot venceu por 4x3 nos pênaltis)
Chesterfield 2x1 Oldham
Oxford Utd 1x0 Swindon

 
 
 

Blog Archive

Arquivo do blog