Henning Berg é o novo técnico do Blackburn

por Gilmar Siqueira dia quarta-feira, 31 de outubro de 2012 às 22:02

A mais nova aposta dos Rovers.

Nesta quarta-feira (31) o Blackburn finalmente anunciou o nome de seu novo treinador. Trata-se do norueguês Henning Berg, ex-zagueiro do próprio Blackburn que fez parte do plantel campeão nacional da temporada 1994-1995. Ele assinou por três anos com os Rovers.

A notícia de sua chegada vem cerca de um mês após a demissão do sempre contestado Steve Kean, que deixou o clube -curiosamente- no momento em que as coisas estavam um pouco melhores ao menos dentro de campo. Assim como Kean quando assumiu os Rovers, Berg não passa de uma aposta.

Seguramente deve pesar o fato de que ele trabalhou como treinador na Noruega por seis anos, mas ainda assim sua pouca experiência internacional não passa muita confiança. Seu primeiro clube foi o Lyn, onde ficou três anos (chegou em 2005 e saiu em 2008). No Lillestrom também foram três anos (contratado em 2008 e demitido em 2011).

Para David, especialista em futebol norueguês e dono do blog Fútbol Noruego, "no Lyn ele fez um bom trabalho no primeiro ano, mas depois perdeu o controle do time.

"No Lillestrom quando tinha os craques Sigurdasson, Ujah e Nosa foi bem, mas ao passo que eles saíram, o rendimento do clube também foi caindo. Na minha opinião é uma aposta arriscada e não confio muito".

E de apostas o Blackburn entende muito. Eles chegaram a cogitar treinadores mais experientes como Micky McCarthy e Harry Redknapp, mas terminaram com alguém que -como técnico- é praticamente um desconhecido na Inglaterra.


Football League segue bem representada na Copa da Liga Inglesa

por Lucas Leite dia às 21:04

Jogadores do Bradford agradecem a torcida após a classificação histórica
(Reprodução/Bradford)
Neste meio de semana, a bola rolou para os jogos das oitavas de final da Capital One Cup, a Copa da Liga Inglesa. E, ao contrário do que se imaginava, as equipes das divisões inferiores superaram as expectativas, colocando três representantes entre os oito melhores.

Único derrotado dentre os quatro representantes da Football League, o Swindon lutou, chegando a buscar uma desvantagem de dois gols, mas caiu nos acréscimos do segundo tempo para o Aston Villa. Os comandados de Paul Lambert abriram vantagem no primeiro tempo, com Christian Benteke e Gabriel Agbonlahor, mas Miles Storey marcou duas vezes - sendo o segundo, um gol de letra - para empatar o jogo a favor dos Robins na etapa complementar. No entanto, quando tudo já apontava para a prorrogação, Eric Lihaj cruzou da direita e Benteke bateu cruzado para assegurar a classificação dos visitantes.

No Stadium of the Light, o Middlesbrough visitou o Sunderland e fez o simples para bater os Black Cats no Wear-Tees Derby. O único gol da partida foi marcado por Scott McDonald, após cruzamento de Ishamel Miller, já no fim da etapa inicial.

Quem teve vida fácil nesta fase foi o Leeds, que não tomou conhecimento do time reserva do Southampton. Apesar de dominar o jogo desde o início, o United precisou de 35 minutos para abrir o marcador, quando Michael Tonge se aproveitou de um corte mal feito da defesa adversária para bater rasteiro, fora do alcance de Kevin Davis. Na etapa complementar, o jogo ficou tenso e a torcida da casa só pode respirar aliviada quando Rodolph Austin puxou contra-ataque e bateu forte; Davis deu rebote e El-Hadji Diouf só teve o trabalho de empurrar para as redes. Ainda deu tempo de Luciano Becchio, em cobrança de pênalti, marcar o terceiro e colocar o Leeds pela primeira vez entre os oito melhores da Copa da Liga desde 1996.

Contudo, a classificação mais emocionante aconteceu no DW Stadium. Na pirâmide do futebol inglês, 57 times separam o Wigan do Bradford, mas isso não impediu que os Bantams fizessem valer a mágica das Copas para voltar a bater um clube de Premier League após 17 anos. Os comandados de Phil Parkinson se defenderam brilhantemente por 120 minutos, conseguindo levar a partida para a disputa de pênaltis, onde brilhou a estrela do goleiro Matt Duke. O arqueiro defendeu um pênalti cobrado por Jordi Gomez e viu Shaun Maloney isolar sua cobrança. Festa dos mais de 5 mil torcedores visitantes no estádio, que comemoram uma classificação às quartas após 24 anos.

Confira, abaixo, todos os resultados das oitavas de final da Capital One Cup:

Leeds 3x0 Southampton
Reading 5x7 Arsenal
Sunderland 0x1 Middlesbrough
Swindon 2x3 Aston Villa
Wigan (2) 0x0 (4) Bradford
Liverpool 1x3 Swansea
Norwich 2x1 Tottenham
Chelsea 5x4 Manchester United.

*Clique aqui para conhecer os confrontos das quartas de final

Sean Dyche é confirmado como novo técnico do Burnley

por Lucas Leite dia terça-feira, 30 de outubro de 2012 às 14:53

Dyche já se encontrou com o elenco (Reprodução/Burnley)
Após vários dias de especulações, o Burnley tornou oficial a contratação de Sean Dyche. O treinador, que chega para substituir Eddie Howe, estava sem clube desde o início da temporada, quando foi dispensado pelos novos proprietários do Watford apesar do excelente trabalho no ano anterior.

Com passagens por Chesterfield e Millwall enquanto jogador, o ex-zagueiro terá a difícil missão de "equilibrar" o Burnley, que conta com o artilheiro da Championship (Carlie Austin, com 18 gols) e a pior defesa de toda a competição (29 gols sofridos em 13 jogos).

Dyche, que assinou por dois anos e meio com os Clarets, será apresentado na próxima quinta-feira (1°), em entrevista coletiva. Auxiliado por Ian Woan e Tony Loughlan, ele deve comandar o Burnley pela primeira vez no próximo sábado, contra o Wolverhampton, em Turf Moor.

Times da semana: 29 de outubro

por Lucas Leite dia às 13:25

Como de costume, a Football League, em conjunto com a Press Association, divulga a cada semana um time ideal dos jogadores que mais se destacaram durante a última rodada nas três divisões. Confira, abaixo, os jogadores eleitos pela entidade:

Na League Two, destaque para o estreante Romain Vincelot, que anotou o único gol da vitória do Gillingham, além de Oxford (Johnny Mullins e James Constable) e Burton (Jacques Maghoma e Calvin Zola) com dois representantes cada. 

Clique na imagem para ampliar
Já a League One foi dominada por MK Dons, Coventry e Doncaster, com dois jogadores cada. Destaque para o ex-meia do Manchester United, Luke Chadwich e para o atacante David McGoldrick, autor do gol da vitória dos Sky Blues sobre o Leyton Orient. Quem também merece atenção é o winger Marc Pugh, que comandou mais uma vitória do Bournemouth de Eddie Howe. 

Clique na imagem para ampliar
Enquanto isso, na Championship, chamam a atenção a inclusão de jogadores do Peterborough (Robert Olejnik), Charlton (Lawrie Wilson), Millwall (Shane Lowry) e Sheffield Wednesday (Ross Barkley), equipes que ocupam a metade de baixo da tabela, no 11 ideal da rodada. O winger Craig Noone foi o único representante do líder Cardiff nessa semana. 

Clique na imagem para ampliar

De zero a dez: o resumo do fim de semana da Football League

por Lucas Leite dia às 11:37


Após uma repercussão positiva na primeira edição do quadro, o "De zero a  dez" volta para mostrar o que de melhor e pior aconteceu no fim de semana. Confira:


Nota 0 - John McCombe: Na tentativa de evitar o primeiro gol do Northampton, o zagueiro deu uma entrada criminosa em Alex Nicholls, que quebrou a perna em dois lugares.

Nota 1 - Huddersfield: Os Terries foram amplamente dominados pelo Millwall, em Londres. Como consequência, derrota por 4x0 para os Lions.

Nota 2 - Scunthorpe: Apesar de jogar em casa, o United perdeu sua quinta partida em sete jogos, desta vez para o MK Dons. O resultado causou a demissão de Alan Knill.

Nota 3 - Defesa do Brentford: Os Bees estiveram duas vezes à frente do placar, mas os gols contra de Harlee Dean e Tony Craig asseguraram o empate ao Hartlepool.

Nota 4 - Tranmere: Os comandados de Ronnie Moore acumularam sua terceira partida sem vitória. O novo tropeço não custou a liderança ao Rovers, mas fez com que Sheffield United e Crawley se aproximassem perigosamente.

Nota 5 - Barnet: No jogo que marcou a estreia de Paul Cook no Chesterfield, o Barnet, sofreu, mas venceu pela contagem mínima. O resultado ainda não tira o time de Edgar Davids da lanterna da League Two, mas os deixa a dois pontos da "zona de segurança".

Nota 6 - Peterborough: Depois de emplacar sua segunda vitória seguida na Championship, o Posh enfim deixou a zona de rebaixamento.

Nota 7 - Bournemouth: Com direito a dois gols de Marc Pugh na goleada sobre o Carlisle, os Cherries seguem sem perder desde o retorno do técnico Eddie Howe. Já são três vitórias em quatro jogos.

Nota 8 - Swindon: Paolo Di Canio e companhia não só acabaram com a invencibilidade do Stevenage em casa, como causaram a maior derrota do Boro na história da Football League. Raffaele De Vita comandou os 4x0 em Broadhall Way.

Nota 9 - Crystal Palace: Grata surpresa da temporada, os Eagles venceram, fora de casa, o até então líder Leicester e acumularam dez partidas sem perder. A ausência do técnico Dougie Freedman não parece ser sentida em Londres.

Nota 10 - Cardiff: Mais uma vez, o City mostrou porque tem o melhor elenco da Championship ao golear o Burnley e retomar o lugar mais alto da tabela de classificação.

Tranmere tropeça de novo e Sheffield United assume a vice-liderança

por Lucas Leite dia segunda-feira, 29 de outubro de 2012 às 20:15

De Vitta abriu caminho para a goleada (Reprodução/Swindon)
Com jogos no último sábado e nesta segunda-feira, a 15ª rodada da League One foi repleta de emoções. Após mais um tropeço, o Tranmere segue na liderança, mas apenas pelo saldo de gols. Destaque também para a goleada sofrida pelo Stevenage, que perdeu o segundo lugar para o Sheffield United. 
Vindo de duas derrotas consecutivas, o Tranmere entrou em campo determinado a vencer, mas esqueceu de avisar o Preston de seus planos. Paul Hutington usou a cabeça para colocar os Lillywhites em vantagem logo no início do segundo tempo, mas o artilheiro Jake Cassidy marcou seu décimo gol no campeonato para garantir um ponto ao Rovers.
Quem poderia ter se aproveitado de mais um tropeço do Tranmere era o Stevenage, mas o Boro perdeu sua invencibilidade em casa ao ser goleado pelo Swindon. Raffaele De Vita, Matt Ritchie, Miles Storey e Adam Rooney anotaram os gols dos Robins na partida.
O Bournemouth segue sem perder desde a chegada de Eddie Howe. Os Cherries visitaram o Carlisle e emplacaram sua quarta partida sem derrota. Destaque para os dois gols do winger Marc Pugh na goleada por 4x2.
No jogo que encerrou a rodada, o Sheffield United pôs sua invencibilidade em jogo contra o Portsmouth e não decepcionou. O gol solitário de Nick Blackman foi suficiente para colocar os Blades na vice-liderança.
Confira, abaixo, todos os resultados da rodada deste fim de semana:
Brentford 2-2 Hartlepool
Bury 1-1 Walsall
Carlisle 2-4 Bournemouth
Crawley 1-1 Oldham
Crewe 0-1 Yeovil
Leyton Orient 0-1 Coventry
Notts County 0-2 Doncaster
Scunthorpe 0-3 MK Dons
Shrewsbury 2-2 Colchester
Stevenage 0-4 Swindon
Tranmere 1-1 Preston
Sheffield United 1-0 Portsmouth

Alan Knill não é mais técnico do Scunthorpe

por Lucas Leite dia às 11:55

O ciclo do treinador durou pouco mais de um ano e meio
(Reprodução/Sky Sports)
Depois de perder cinco dos sete últimos jogos, Alan Knill não comanda mais o Scunthorpe. O treinador se reuniu com a diretoria do Iron na manhã desta segunda-feira (29) e teve seu contrato rescindido, um ano e sete meses após ser contratado.

Knill, de 48 anos, assumiu o Scunthorpe na reta final da temporada 2010/2011, mas não conseguiu evitar o rebaixamento da equipe à League One. Na temporada seguinte, apesar do favoritismo para conquistar a promoção, o Iron terminou a liga no modesto décimo-oitavo lugar.

Ao todo, Alan Knill somou 16 vitórias, 30 empates e 32 derrotas à frente do United. Na temporada atual, seu desempenho foi igualmente fraco: foram apenas duas vitórias e nove derrotas em 15 jogos, resultados que renderam um 22° lugar na tabela.

Por meio de nota no site oficial, o meia Josh Walker comentou a saída do treinador. "O clima no vestiário estava deprimente. Tudo o que importa para nós é melhorar, mas em campo nós não estamos fazendo isso" - completou.

Após seis anos longe de Glanford Park, Brian Laws, atualmente diretor de futebol do Shamrock Rovers, deve voltar ao comando da equipe. Laws, que já assume o Scunthorpe na partida de meio de semana contra o Walsall, será auxiliado por Chris Brass, Neil Cutler - que preferiram não continuar trabalhando com Knill - e Russ Wilcox.

Port Vale perdeu e Gillingham ampliou vantagem

por Gilmar Siqueira dia domingo, 28 de outubro de 2012 às 19:36

Nicholls deve perder o resto da temporada.

Na 15a. rodada da League Two o que mais chamou a atenção foi a derrota do Port Vale (2x0) para o Northampton fora de casa. O Gillingham, em contrapartida, sofreu mas venceu o Wimbledon e agora tem vantagem de 5 pontos. O Cheltenham atropelou o Exeter e chegou à terceira colocação.

É difícil descrever o que aconteceu com o Port Vale nesta jornada. Os comandados de Micky Adams sofreram um verdadeiro "apagão" e foram superados por um surpreendente Northampton. O time de Aidy Boothroyd saiu na frente quando, aos 20' do primeiro tempo, Alex Nicholls recebeu passe de Rob Taylor e marcou. Ainda no primeiro tempo Nicholls foi protagonista de outro lance: ele sofreu uma entrada duríssima de McCombe e quebrou a perna. O jogo foi paralisado por quase 15 minutos até que ele pudesse ser removido do gramado. Pouco antes do fim da primeira parte justamente seu substituto, Louis Moult, anotou o segundo do Northampton. A etapa complementar foi bastante morna e sem muitas ocasiões.

O Gillingham visitou o Wimbledon e, assim como o Port Vale, não teve vida fácil. Logo no início da partida George Francomb quase colocou os True Dons em vantagem. Pouco depois foi a vez de Yussuff ameaçar, mas o goleiro Nelson apareceu bem. Sabem aquele clichê do "quem não faz leva"? Pois é. Deu certo de novo. Aos 23' o estreante Romain Vincelot (emprestado pelo Brighton) aproveitou uma cobrança de escanteio e marcou o gol que deu a vitória aos Gills. O Wimbledon venceu apenas uma das cinco primeiras partidas sob o comando de Neal Ardley.

Quem viu o bom atacante Jamie Cureton ter uma chance clara em favor do Exeter nos minutos iniciais da partida não esperava que o Cheltenham pudesse vencer. Ainda mais com um placar tão elástico (3x0). Depois do lance de Cureton mais nada de empolgante aconteceu no primeiro tempo. No segundo, em contrapartida, os Robins foram para cima e fizeram 1x0 com o jovem Lawson D'Ath (19 anos emprestado pelo Reading) aos 10'. Sete minutos depois foi a vez de Keith Lowe deixar o dele. O mesmo Lowe apareceu nos minutos finais para marcar o terceiro.

Confiram os demais resultados da 15a. rodada da League Two:

Wycombe 1x3 Oxford
Torquay 1x0 Morecambe
Southend 0x0 York
Rotherham 1x0 Plymouth
Rochdale 0x0 Fleetwood
Dag & Red 0x0 Aldershot
Chesterfield 0x1 Barnet
Burton 1x0 Bradford
Accrington 1x0 Bristol Rovers.

Leicester tropeçou e Cardiff voltou para o topo

por Gilmar Siqueira dia sábado, 27 de outubro de 2012 às 22:39

Saido Berahino.
Nesta 13a. rodada o Leicester recebeu o Crystal Palace -sem Dougie Freedman- e foi derrotado por 2x1. Aproveitando-se disso o Cardiff goleou o Burnley por 4x0 e retornou ao topo da Championship. O Peterborough, que já deixou a zona de rebaixamento, venceu mais uma.

O Crystal Palace é, sem dúvida, a surpresa da temporada. Há poucos dias o grande responsável por esta bela fase era o treinador Dougie Freedman. Mas, felizmente, agora que ele deixou o time, o bom momento permanece. Na partida contra o Leicester -que estava 100% em casa- não foi diferente. Os Eagles abriram o placar aos 23', quando Damien Delaney aproveitou cobrança de escanteio para anotar. Pouco depois, aos 28', foi a vez de Peter Ramage deixar o dele. Para se ter uma ideia da fraca atuação dos Foxes, a única defesa praticada por Speroni -que completava 250 partidas pelo Palace- foi em uma finalização de Lawrence. Na segunda parte o Leicester pressionou, mas só no fim conseguiu descontar com Andy King.

O Cardiff, por sua vez, não teve quaisquer dificuldades em seu duelo contra o Burnley, no Cardiff City Stadium. Bastaram 3 minutos para que Lee Mason pudesse colocar os Bluebirds na frente, depois que uma finalização de Craig Noone caprichosamente bateu na trave. O mesmo Noone, aos 41', marcou o segundo da equipe local. No segundo tempo o Cardiff seguiu dominando e anotou mais dois tentos nos 10 minutos finais, com Matthew Connolly e Aron Gunnarsson. Esta foi a sétima vitória consecutiva do Cardiff jogando em casa.

Confirmando sua recuperação, o Peterborough recebeu o Derby e venceu por 3x0. Apesar da quantidade de gols, a vitória não foi nada fácil para o Posh. É fato que o Derby fez uma má partida. Em compensação, seu goleiro, Adam Legzdins, estava "on fire". Ele foi o responsável por fechar a meta e impedir que o Posh marcasse logo no início. O camisa "13" só não evitou o gol de Michael Bostwick, aos 30', após defender finalizações de Boyd e Berahino. Nos minutos iniciais da segunda parte Keogh cometeu pênalti em Tomlin, mas lá estava Legzdins para defender. Por ironia do destino o segundo gol do Posh, aos 41', aconteceu graças a uma falha sua após chute de Saido Berahino. O mesmo Berahino apareceu 4 minutos depois para decretar a vitória dos comandados de Darren Ferguson.

Confiram os demais resultados da 13a. rodada da Championship:

Bristol City 1x2 Hull
Wolves 1x1 Charlton
Millwall 4x0 Huddersfield
Middlesbrough 2x1 Bolton
Leeds 0x1 Birmingham
Ipswich 0x3 Sheffield Wednesday
Blackpool 1x1 Brighton
Blackburn 1x0 Watford
Barnsley 1x4 Nottingham Forest.

Football League Preview: 27 e 29 de outubro

por Lucas Leite dia sexta-feira, 26 de outubro de 2012 às 14:47

O Stevenage de Robin Shroot mede forças com o Swindon
Com metade do primeiro turno já disputado, as divisões inferiores da Inglaterra seguem em ritmo alucinante. Como de costume, o blog te mostra em quais jogos ficar de olho neste fim de semana.

Na League Two, chama a atenção o confronto por um lugar no Top Seven, entre Burton e Bradford, no Pirelli Stadium. Enquanto os Brewers tentam se reaproximar da zona dos play-offs após quatro partidas sem vencer, os comandados de Phil Parkinson buscam os três pontos para entrar na zona de promoção automática.

Depois de um início brilhante de temporada, o Oxford tenta dar um basta na má fase diante do Wycombe, em Adams Park. Tendo vencido apenas uma vez em sete jogos fora de casa, os U's não poderão contar com o zagueiro Michael Raynes, suspenso, e portanto, Deane Smalley deve ganhar um lugar entre os titulares. Nos Chairboys, os atacantes Dean Morgan e Bruno Andrade seguem como dúvidas.

Em Kingsmeadow, o líder Gillingham visita o Wimbledon, afim de manter a vantagem para o Port Vale na ponta da tabela. Para isso, os Gills terão o reforço do volante Romain Vincelot, contratado por empréstimo junto ao Brighton.

Derrotado apenas uma vez em 14 rodadas, o Stevenage recebe o Swindon na esperança de assumir a liderança da League One. Sem nenhum problema de lesão, Gary Smith tem apenas Anthony Grant, suspenso, como desfalque. Pelo lado dos Robins, o atacante Paul Benson pode ser a arma de Paolo Di Canio para dar fim a uma série de três jogos sem vitória.

Em confronto direto na zona de classificação para os play-offs, o Notts County mede forças contra o Doncaster. Enquanto no Notts, Alan Judge pode ser a novidade, David Cotterill corre contra o tempo para retornar ao Rovers.

Na segunda-feira, Sheffield United e Portsmouth fecham a rodada, em duelo de invictos. Se por um lado, o United, que ainda não perdeu na temporada, torce por tropeços de Tranmere - que recebe o Preston - e Stevenage para assumir a liderança, por outro, o Pompey tenta ampliar sua invencibilidade para seis jogos e assim se aproximar dos seis primeiros.

Enquanto isso, na Championship, os destaques ficam para os jogos das equipes que possuem técnicos interinos. No King Power Stadium, o líder Leicester recebe o Crystal Palace, que faz sua segunda partida após a saída de Dougie Freedman. Nos Foxes, Ritchie De Laet e David Nugent são dúvidas, enquanto Wilfried Zaha e Dean Moxey retornam ao Crystal Palace - invicto a nove jogos - após cumprirem suspensão no meio de semana.

Vice-líder o Cardiff mede forças contra o Burnley, também sem técnico após a saída de Eddie Howe. Pelo lado dos anfitriões, Kerim Frei, recém-contratado junto ao Fulham, pode fazer sua estreia. Já os Clarets depositam todas as suas fichas no artilheiro Charlie Austin para vencer sua terceira partida consecutiva no campeonato.

Na parte de baixo da tabela, o Ipswich entra em campo pela primeira vez desde a demissão de Paul Jewell, em confronto de desesperados contra o Sheffield Wednesday. Sem vencer a 11 jogos, os Tractor Boys não tem nenhum novo problema de lesão ou suspensão, mas mudanças no time titular são esperadas. Dave Jones, por outro lado, deve contar com os retornos de Anthony Gardner e Jay Bothroyd, recuperados de lesão.

Clique aqui e confira o horário de todos os jogos das três divisões da Football League. 

Paul Cook deixa Accrington e assume o comando do Chesterfield

por Lucas Leite dia quinta-feira, 25 de outubro de 2012 às 19:05

Paul Cook vem um futuro brilhante à frente de seu novo clube
(Reprodução/BBC)
Depois de dois meses sem técnico e apenas duas vitórias em 11 jogos, o Chesterfield enfim anunciou um substituto para John Sheridan. Trata-se de Paul Cook, do Accrington, que assina por dois anos e meio.
Cook, 45, dirigiu o Sligo Rovers, da Irlanda, por cinco anos, antes de acertar seu retorno ao Accrington - clube gerido por ele entre 2003 e 2006 - em fevereiro deste ano. O Stanley receberá uma indenização por ter permitido a saída do treinador. 
“Eles [Chesterfield] são um clube fantástico com uma grande infra-estrutura e eu estou ansioso pelo desafio” – revelou o técnico em nota oficial.
Chefe-executivo dos Spireites, Chris Turner fez questão de elogiar a carreira do novo contratado. “Paul fez um trabalho fantástico na Irlanda e estava muito bem no Accrington, apesar do orçamento muito pequeno à sua disposição. Esperamos que essa mudança de comando traga sucesso ao clube”.
Turner também agradeceu aos interinos Tommy Wright e Mark Crossley pelo “excelente trabalho, apesar das circunstâncias complicadas nos últimos dois meses”.   Um entrevista coletiva está marcada para que Cook seja apresentado de forma oficial amanhã (26).
Enquanto isso, em Crown Ground, o ex-assistente técnico de Cook, Leam Richardsom, assumirá o Accrington de forma interina até que um novo treinador seja contratado.

Após péssimo aproveitamento, Neale Cooper é demitido do Hartlepool
Com apenas uma vitória na temporada e uma sequência de 11 partidas sem vitória, o dia de hoje foi o último de Neale Cooper nesta segunda passagem pelo Hartlepool. O treinador deixa o clube da lanterna da League One, com um saldo de sete vitórias em 40 jogos. Técnico da equipe de base, Micky Barron assume o comando dos Pools interinamente.

Football League Review: 23 e 24 de outubro

por Lucas Leite dia às 13:34

Paul Jewell não resistiu a mais uma derrota (Reprodução/Daily Mail)
Apesar de todos os olhos estarem voltados para a Liga dos Campeões nos últimos dias, a bola também rolou na Football League. Confira, abaixo, algumas "pílulas" sobre o que de mais importante aconteceu nas divisões inferiores da Inglaterra nesse meio de semana.

Na Championship, o Leicester manteve a ponta da tabela, após vencer pela contagem mínima o Brighton em casa. Com isso, os comandados de Gus Poyet acumularam cinco jogos sem vitória.

Em Portman Road, o Ipswich saiu na frente do Derby com DJ Campbell, mas Theo Robinson e Nathan Tyson viraram o jogo para os Rams. O resultado custou a demissão do técnico Paul Jewell.

O Peterborough recebeu o Huddersfield e, com dois gols de George Boyd - sendo um deles um golaço - venceu por 3x1 para enfim deixar a lanterna da competição. Foi a terceira derrota dos Terries nos últimos cinco jogos.

A rodada também teve chuva de gols em dois jogos. Em Ashton Gate, o Bristol City buscou o empate por três vezes, mas acabou derrotado pelo Burnley, do artilheiro Charlie Austin, que anotou dois tentos na partida. Enquanto isso, no The Den, o Millwall abriu três gols de vantagem, mas Marlon King, com um hat-trick, assegurou um ponto valioso ao Birmingham.

Pela League One, o líder Tranmere recebeu o Doncaster e perdeu sua segunda partida consecutiva na competição. Billy Paynter abriu o placar para os visitantes, antes que Jake Cassidy deixasse tudo igual. No entanto, Ian Hume, já nos acréscimos, marcou o gol que garantiu a permanência do Doncaster na zona dos play-offs.

Único clube invicto nas divisões regidas pela Football League, o Sheffield United fez o simples para bater o Walsall e se aproximar da ponta da tabela. Nick Blackman, de pênalti, marcou o único gol da partida. Os Blades vem logo atrás do Stevenage, que bateu o Portsmouth com direito a dois gols do português Filipe Morais.

O Bournemouth de Eddie Howe ampliou para três jogos sua invencibilidade, ao empatar por 3x3 contra o Notts County, em Meadow Lane. Matt Tubbs, aos 40 minutos da etapa complementar, foi o responsável pelo gol de empate dos Cherries.

Na parte de baixo da tabela, o Bury conseguiu sua primeira vitória na temporada, em confronto direto contra o Hartlepool. O triunfo foi suficiente para tirar os Shakkers da lanterna.

Enquanto isso, na League Two, o Gillingham visitou o Torquay e perdeu pela primeira vez longe de seus domínios, mas manteve a primeira colocação. Tudo porque o vice-líder Port Vale ficou no empate com o Burton, fora de casa.

No outro extremo da tábua de classificação, o Aldershot derrotou o Southend por 2x1 fora de casa e ficou a um ponto de deixar a zona de rebaixamento, enquanto o Barnet não saiu de um empate sem gols contra o Wycombe. Edgar Davids mais uma vez atuou os 90 minutos.

Clique aqui para conferir a tabela atualizada e todos os resultados deste meio de semana. 

Paul Jewell não é mais técnico do Ipswich

por Lucas Leite dia quarta-feira, 24 de outubro de 2012 às 14:31

Jewell foi o terceiro técnico demitido pelo Ipswich em cinco anos
(Reprodução/People)
Depois de 11 partidas sem vencer na Championship, o Ipswich tomou a decisão que todos esperavam. Nesta manhã, o clube se reuniu com o técnico Paul Jewell e optou por rescindir o contrato do treinador.

Jewell, que ganhou apenas um jogo do nacional nessa temporada, assumiu o cargo há um ano e meio, logo após a demissão de Roy Keane, fazendo com que os Tractor Boys terminassem 2011/2012 na modesta 15ª colocação.

Em pronunciamento após a demissão, o treinador se disse "privilegiado por poder ter trabalhado em um clube fantástico como o Ipswich", além de agradecer a comissão técnica e a torcida pelo apoio.

Enquanto procura um substituto - Micky McCarthy e Alan Curbishley, aposentado há 19 anos, são os principais favoritos ao cargo - o assistente técnico Chris Hutchings dirigirá o Ipswich no duelo diante do Sheffield Wednesday, no próximo sábado.

Times da semana: 20 de outubro

por Lucas Leite dia terça-feira, 23 de outubro de 2012 às 14:39

Como de costume, a Football League, em conjunto com a Press Association, divulga a cada semana um time ideal dos jogadores que mais se destacaram durante a última rodada nas três divisões. Confira, abaixo, os jogadores eleitos pela entidade: 

Na League Two, destaque para a dupla de ataque formada por Tom Craddock e Ashley Chambers. Enquanto Craddock marcou quatro gols na goleada do Oxford sobre o Accrington, Chambers deixou sua marca duas vezes na vitória do York City ante o Dag & Red, que, apesar da derrota, colocou o lateral direito Luke Wilkinson, também autor de dois gols, no 11 ideal da rodada. No meio campo, Lewis Montrose, fundamental na goleada sobre o Burton Albion, representa o líder Gillingham. Abaixo, você confere o time completo.

Clique na imagem para ampliar
Pela League One, o Oldham foi quem emplacou mais jogadores no time da rodada - Dean Bouzanis e Jose Baxter - mas nenhum deles foi tão importante quando o meia Harry Arter, que comandou o Bournemouth na vitória sobre o líder Tranmere. Surpresa neste início de temporada, o Portsmouth também esteve representado, pelo atacante Izale McLeod. 

Clique na imagem para ampliar 
Enquanto isso, os destaques do time da Championship começam na defesa. O goleiro Jason Steele e o experiente zagueiro Jonathan Woodgate, excelentes na vitória sobre o Brighton, representaram o Middlesbrough. Já o lado direito do campo foi todo do Nottingham Forest. Enquanto, Greg Harford - que contribuiu com uma assistência na vitória sobre o Cardiff - ocupou a lateral, Chris Cohen garantiu seu lugar na linha de meio campo. Steven Davies, do Bristol City, e James Vaughan, do Huddersfield, formaram a dupla de ataque. 

Clique na imagem para ampliar

Dougie Freedman troca Crystal Palace por Bolton

por Lucas Leite dia às 14:00

O técnico fazia um excelente trabalho no Palace (Reprodução/Daily Mail)
Após dias de especulações e uma recusa inicial por parte do Crystal Palace, o Bolton enfim anunciou que Dougie Freedman será o substituto de Owen Coyle, demitido no início do mês, no comando técnico do clube.

Responsável por levar os Eagles às semi-finais da Copa da Liga Inglesa na temporada passada, o escocês de 38 anos deixa o clube na quarta colocação da Championship. Por meio de nota, o Crystal Palace se mostrou "desapontado com a decisão do treinador", mas "agradeceu pelos serviços prestados nos últimos dois anos".

Enquanto não encontra um substituto - Steve Coppell, atualmente diretor técnico do Crawley, desponta como favorito - os assistentes técnicos Lennie Lawrence e Curtis Fleming comandarão o Crsytal Palace no duelo desta terça-feira, contra o Barnsley.

Football League Preview: 23 e 24 de outubro

por Lucas Leite dia às 13:34

Agora no Ipswich, Paul Jewell reencontrará seu ex-clube (Reprodução/Telegraph)
Neste meio de semana, a bola rola pela Champions League, mas nem por isso as divisões inferiores da Inglaterra cessam. Como sempre, o blog te mostra quais partidas merecem atenção nessa terça-feira.

Na League Two, o  Gillingham viaja ao Sudoeste da Inglaterra com o objetivo de manter três pontos de vantagem na ponta da tabela. Tanto Martin Allen, quanto Martin Ling não devem ter problemas para escalar a equipe nesta terça-feira.

Embalado pela vitória contra o Northampton, o Barnet visita o Wycombe, afim de deixar a lanterna. Após atuar durante todo o jogo do fim de semana, o experiente Edgar Davids revelou que planeja atuar por 60 minutos nesta terça-feira.

No entanto, o grande jogo da rodada acontece no Pirelli Stadium. Após ver sua invencibilidade cair ante o Gillingham, o Burton recebe o Port Vale, em confronto direto na parte de cima da tabela. Enquanto Gary Rowett desfalca os Brewers, Adam Yates é a principal dúvida do técnico Mick Adams.

Pela League One, o Tranmere tenta se recuperar da derrota para o Bournemouth em confronto dificílimo contra o Doncaster. Para isso, o técnico Ronnie Moore voltará a contar com os meias Andy Robinson e Joe Thompson.

Desfalcado de Dave Kitson, doente, o Sheffield United põe sua invencibilidade a prova diante do Walsall. Pelo lado dos Saddlers, Dean Smith não terá nenhum nenhum problema para escalar a equipe.

Em confronto de desesperados, o Bury, que ainda não venceu na temporada, recebe o Hartlepool, que não vence a 10 jogos. Se por um lado, Zac Thompson, suspenso, desfalca o Bury, por outro, Troy Hewitt estará a disposição de Kevin Blackwell.

Enquanto isso, na Championship, Middlesbrough e Hull City medem forças no grande embate da rodada. No Boro, a principal dúvida de Tony Mowbray é sobre a escalação ou não do experiente zagueiro Jonathan Woodgate, que sentiu um problema na coxa. Já pelo lado dos Tigers, Nick Proschwitz, que marcou duas vezes após sair do banco contra o Ipswich, poderá ser a novidade no time titular.

Ipswich que, disposto a deixar a zona de rebaixamento, recebe o Derby, que soma três empates nos últimos quatro jogos. Para o confronto, os Tractor Boys não terão nenhum desfalque de última hora, enquanto o Derby vem reforçado do experiente Gareth Roberts, recuperado de lesão.

Em Molineux, Wolverhampton e Bolton se reencontram em momentos distintos após o rebaixamento para a Championship. Enquanto os Lobos buscam se manter na zona dos play-offs, os Tortters, que ainda procuram um treinador, lutam para se afastar da zona de rebaixamento.

Clique aqui e confira o horário de todos os jogos deste meio de semana.

*UPDATE: Nesta tarde, o Bolton anunciou a contratação de Dougie Freedman. O treinador deve assistir a partida dos Trotters das tribunas.

De zero a dez: o resumo do fim de semana da Football League

por Lucas Leite dia às 09:00


A partir desta semana, o blog inaugura um quadro já consagrado pelo jornalista Vitor Sergio Rodrigues em seu blog: o “De zero a dez”, que avalia o que de melhor e pior aconteceu no fim de semana de futebol. Abaixo, você confere os destaques desta primeira edição.

Nota 0 – Aaron Cawley: Sem dúvida, um dos fatos que mais chamaram a atenção fim de semana. Logo após o gol de empate do Leeds, um "torcedor" invadiu o gramado e agrediu o goleiro Chris Kirkland, do Sheffield Wednesday, com um soco no rosto. Ao menos nesse caso, a polícia inglesa agiu rápido, prendendo o agressor dois dias depois e o condenando a quatro meses de prisão.

Nota 1 – Dave Jones: Revoltado com os acontecimentos em Hillsborough, o técnico falou mais do que devia e, além de pedir para que toda a torcida do Leeds seja banida dos estádios, classificou-os como "animais" em entrevista após o jogo.

Nota 2 – Bury: Único clube que ainda não venceu nas três divisões da Football League, os Shakkers viram a diferença para o Scunthorpe - primeiro time fora da zona de rebaixamento - aumentar para cinco pontos nessa rodada.

Menção honrosa: Hatlepool, que segue na vice-lanterna da League One, após acumular dez jogos sem vencer.

Nota 3 – Peterborough: Apesar da derrota - a nona em 11 jogos - para o Watford só ter sido sacramentada no fim do jogo, os comandados de Darren Ferguson foram amplamente dominados pelo Watford em London Road.

Nota 4 – Southend: Quando todos achavam que os Shrimpers iriam embalar, o Morecambe fez questão de impedir que isso acontecesse. Os comandados de Jim Bentley fizeram valer o fator casa para por fim a uma série de três partidas invictas do rival.

Nota 5 – Leicester: Apesar do empate contra o Birmingham ter dado a liderança da Championship aos Foxes, a equipe se mostrou desorganizada em campo e sofreu para somar um ponto fora de casa.

Nota 6 – Notts County: Com a vitória sobre o Coventry, os Magpies chegaram aos 14 jogos de invencibilidade fora de casa e subiram para o quinto lugar da League One.

Menção honrosa: Millwall, que buscou um empate fora de casa no clássico contra o Crystal Palace após estar perdendo por 2x0.

Nota 7 – Nottingham Forest: Apoiado por sua torcida, o Forest fez talvez sua melhor partida na temporada até aqui e passou por cima do até então líder Cardiff.

Menção honrosa: Jason Steele, que fechou o gol na vitória magra do Middlesbrough sobre o Brighton

Nota 8 – Barnet: Capitaneado pelo volante e treinador Edgar Davids, os Bees conquistaram sua primeira vitória na temporada, com uma sonora goleada sobre o Northampton.

Nota 9 – Bournemouth: Ao que parece, o retorno de Eddie Howe fez com que o bom elenco do Bournemouth acordasse após 13 rodadas. Os Cherries bateram de virada o Tranmere, acabando com a invencibilidade do líder da League One.

Menção honrosa: Charlie Austin, que marcou seu 16º gol na temporada e decidiu o clássico contra o Blackpool.

Nota 10 – Tom Craddock: O atacante anotou nada mais, nada menos que quatro gols na vitória do Oxford sobre o Accrington. Foi a maior goleada dos Yellows na Football League em 11 anos.

Leicester é o novo líder da Championship

por Gilmar Siqueira dia domingo, 21 de outubro de 2012 às 21:03

Marshall deu a liderança ao Leicester.

Ainda que pelo saldo de gols, após a décima primeira rodada o Leicester assumiu a liderança da Championship. Os Foxes empataram com o Birmingham. O Cardiff tomou 3x1 do Nottingham Forest. Outro jogo que chamou a atenção -infelizmente mais pela violência do que pelo futebol- foi Sheffield Wednesday vs. Leeds.

Foram justamente os Owls e os Whites que abriram a rodada na última sexta-feira (19). O time de Dave Jones precisava desesperadamente de uma vitória, visto que sua posição na zona de rebaixamento não é nada agradável. Sendo assim, aos 44 minutos do primeiro tempo, Jay Bothroyd colocou os mandantes à frente do marcador. Para o segundo tempo, logicamente, o Leeds partiu para cima e, apesar de sofrer constantes contra-ataques, não tomou o segundo gol. Aliás, seu empate chegou aos 32', com Michael Tonge. Pouco depois disso Hillsborough foi palco de cenas lamentáveis: alguns "torcedores" dos Whites invadiram o gramado e um deles -que já foi preso- deu um soco no goleiro Kirkland.

O Leicester visitou o Birmingham e, ao contrário do esperado, jogou mal e teve a sorte de conseguir um empate. Os primeiros 45 minutos não foram tão empolgantes, mas ainda assim os Blues saíram na frente quando King fez um belo cruzamento e Lovendrands não desperdiçou. A euforia da torcida foi enorme, já que estava se desenhando a primeira vitória do clube desde 18 de setembro. Ainda que desorganizado, o Leicester buscou o empate no segundo tempo. E foi na base do abafa que, faltando 4' para o fim, Ben Marshall apareceu no meio da área para pegar uma bola que sobrou e anotar. O empate acabou com a série de 5 vitórias consecutivas dos Foxes.

O Cardiff foi ao City Ground enfrentar o Nottingham Forest mas parece que não entrou em campo. Não que uma vitória dos Reds em casa fosse uma surpresa enorme, mas o 3x1 não foi nada típico. O placar foi aberto aos 25 minutos do primeiro tempo, quando Andy Reid cobrou falta de forma magistral. Dois minutos depois Daniel Ayala marcou o segundo. Não houve nem tempo para os comandados de Malky Mackay ensaiarem uma recuperação na etapa complementar, posto que Billy Sharp fez o terceiro do Forest aos 2'. Heidar Helguson (sempre ele!) descontou aos 29', mas já era tarde demais.

Confiram os demais resultados da 11a. rodada da Championship:

Crystal Palace 2x2 Millwall
Watford 1x0 Peterborough
Hull 2x1 Ipswich
Huddersfield 2x1 Wolves
Derby 1x1 Blackburn
Charlton 0x1 Barnsley
Brighton 0x1 Middlesbrough
Bolton 3x2 Bristol City
Burnley 1x0 Blackpool

Tranmere perde a primeira da temporada, mas segue na liderança

por Lucas Leite dia sábado, 20 de outubro de 2012 às 22:13

O time de Howe venceu a segunda seguida (Reprodução/Bournemouth)
Não restam dúvidas que esta 13ª rodada da League One ficará marcada pela primeira derrota do líder Tranmere na competição, mas as vitórias de Portsmouth e Notts County também merecem destaque. Confira o que de melhor aconteceu neste fim de semana.

Ao que parece, as coisas estão realmente mudadas na Costa Sul. Após apenas assistir das tribunas a vitória do Bournemouth sobre o Leyton Orient no último fim de semana, o técnico Eddie Howe enfim desceu à beira do gramado e ajudou sua equipe a conquistar uma vitória impensável contra o até então líder invicto Trenmere. Os Cherries foram perdendo para o intervalo, já que Jake Jarvis havia aberto o placar os 39 do primeiro tempo, mas Ben Gibson, Harry Arter e Simon Francis precisaram de apenas 13 minutos para virar a peleja na etapa final.

Quem se aproveitou deste resultado foi o Stevenage, que diminuiu para quatro pontos a desvantagem para o líder, após bater o MK Dons pela contagem mínima. Lucas Akins, em chute de longa distância, garantiu a vitória do Boro.

Na zona dos play-offs, o Notts County ampliou, graças a Andre Boucaud e Yoann Arquin, para 14 sua invencibilidade longe de Meadow Lane ao bater o Coventry. Aos 43 da etapa complementar, Richard Wood diminuiu o prejuízo dos Sky Blues, mas não havia mais tempo para uma reação.

Grande surpresa neste início de temporada, o Portsmouth completou cinco jogos sem perder, depois de vencer sem dificuldades o Shrewsbury em Fratton Park. Após um primeiro tempo sem gols, Wes Thomas e Izale McLeod deixaram o Pompey em vantagem, antes que Marvin Morgan descontasse para os visitantes. Nos acréscimos, porém, McLeod anotou seu segundo tento e deu números finais a partida.

Confira, abaixo, todos os resultados desta 13ª rodada da League One:

Bournemouth 3x1 Tranmere 
Stevenage 1x0 MK Dons
Portsmouth 3x1 Shrewsbury
Yeovil 2x1 Bury
Walsall 2x2 Crewe
Swindon 1x1 Scunthorpe
Preston 0x1 Sheffield Utd
Oldham 2x0 Leyton Orient
Hartlepool 0x1 Crawley
Doncaster 2x1 Brentford
Coventru 1x2 Notts County
Colchester 2x0 Carlisle

Barnet venceu a primeira mas permaneceu na lanterna

por Gilmar Siqueira dia às 21:16

A nova estrela da League Two.

A décima terceira rodada da League Two foi bastante surpreendente e interessante. Isso porque o Barnet, munido do auxiliar-jogador Edgar Davids, conquistou sua primeira vitória na temporada (4x0 sobre o Northampton). Outro que convenceu na jornada foi o Oxford Utd, que goleou o Accrington. O Gillingham, para variar um pouco, também goleou.

O Barnet recebeu o Northampton e parece que a chegada de Edgar Davids, nomeado novo capitão, foi mais que uma injeção de ânimo. Os Bees partiram para cima desde o início e, apesar de o placar não ter saído do zero no primeiro tempo, a boa atuação do time local merece ser destacada. Este ânimo serviu para que, aos 11' da segunda etapa, Krystian Pearce pudesse marcar o primeiro do Barnet. O segundo veio dez minutos depois, com Andrew Yadom. O Northampton bem que tentou se recuperar, mas não teve forças. Os últimos dois gols dos Bees saíram nos acréscimos, com John Oster e Anthony Edgar.

Como dissemos aqui na semana passada, o Oxford United tem bom elenco e a cada rodada se espera uma recuperação. Pode não ter sido contra o Port Vale, mas foi contra o Accrington. Na 13a. rodada o "U" finalmente lembrou o time do começo da temporada. Para se ter uma ideia, dentro de 36 minutos de jogo já estava 3x0. E os três gols foram marcados por Tom Craddock que, ao que tudo indica, resolveu (finalmente) acordar. Seu quarto gol veio aos 25' do segundo tempo. Foi a primeira vez desde 1993 que um jogador do Oxford marcava 4 gols em uma partida. E, como se não bastasse isso, Alfie Potter anotou o quinto e fechou a goleada. Esta foi a maior vitória do United  na Football League desde 2001.

O Burton Albion estava invicto há oito jogos. Mas isso foi antes de enfrentar o todo poderoso Gillingham, que mais uma vez atropelou e se consolidou no topo da League Two. Os Gills saíram na frente aos 22 minutos de partida, com Tom Flanagan. A vantagem foi ampliada aos 40' por Matt Fish. O Albion tentou se recuperar na etapa complementar, visto que Zander Diamond descontou aos 9'. Mas o dia era dos comandados de Martin Allen mesmo. Cinco minutos depois Myles Weston fez uma jogada individual e deixou o dele. O quarto saiu dos pés de Joe Martin, aos 18'.

Confiram os demais resultados da 13a. rodada da League Two:

York 3x2 Dag & Red
Port Vale 4x1 Wycombe
Plymouth 3x1 Rochdale
Morecambe 1x0 Southend
Fleetwood 1x1 Wimbledon
Exeter 0x1 Chesterfield
Bristol Rovers 3x2 Torquay
Bradford 3x1 Cheltenham
Aldershot 0x3 Rotherham.

Football League Preview: 19 e 20 de outubro

por Lucas Leite dia sexta-feira, 19 de outubro de 2012 às 13:51

Davids já foi inscrito na Football League (Repordução/Guardian)
Após uma semana parada devido aos jogos das seleções nacionais, a Championship se junta a League One e League Two mais uma vez neste fim de semana. E como de costume, o blog te mostra em quais partidas ficar de olho.

Líder da League Two, o Gillingham tenta ser a primeira equipe na história da divisão a chegar aos 30 pontos nas 13 primeiras rodadas. Para isso, os Gills, que contam com o retorno de Danny Jackman, precisam de apenas um empate ante o quinto colocado Burton.

Em Vale Park, o Port Vale mede forças contra o Wycombe, que somou sete pontos nos últimos quatro jogos sob o comando do capitão e técnico interino, Gareth Ainsworth. Enquanto os Villaints não terão os meias Sam Morsy, Ryan Burge e Doug Loft, Matt McClure retorna aos Chairboys, após se recuperar de lesão.

No jogo que abre a rodada, o Barnet, que pode promover a estreia de Edgar Davids, recebe o Northampton em busca de sua primeira vitória na competição. Além do volante holandês, os Bees podem contar com o retorno do atacante Jamal Lowe.

Pela League One, o Tranmere tenta dar sequência ao bom momento diante do Bournemouth, renovado após a chegada do técnico Eddie Howe. Enquanto, Joe Thompson e Andy Robinson seguem como dúvidas nos Rovers, Richard Hughes e Mark Molesley permanecem como desfalques dos anfitriões.

Vice-líder, o Stevenage vai a Buckinghamshire enfrentar o MK Dons, que, reforçado pelo defensor Anthony Kay, tenta conseguir um lugar na zona dos play-offs. O Boro também contará com a volta do defensor Lee Hills e do atacante Don Cowan.

Embalado na competição, o Sheffield United põe sua invencibilidade à prova diante do Preston, que tenta se reaproximar da zona dos play-offs após perder na última rodada. Os comandados de Danny Wilson comemoram a volta do zagueiro Danny Collins, recuperado de lesão.

Enquanto isso, na Championship, Sheffield Wednesday e Leeds abrem a rodada* em duelo de opostos. Após começar muito bem a temporada, os Owls precisam dos três pontos para deixar a zona de rebaixamento, enquanto o Leeds tenta aumentar sua invencibilidade para seis jogos e assim finalmente ocupar um lugar entre os seis primeiros.

Em Gales, o Cardiff, do recuperado Craig Bellamy, defende a liderança diante do Nottingham Forest, que venceu apenas uma de suas seis últimas partidas na temporada. Para esse embate, Sean O'Driscoll ainda tem Jermaine Jenas, Henri Lansbury e Sam Hutchinson como dúvidas.

Contudo, o grande jogo da rodada deve acontecer em Londres, onde Crystal Palace e Millwall medem forças no South London Derby. Derrotado apenas uma vez em suas sete últimas visitas a Selhurst Park, o Millwall vem reforçado dos meias Jimmy Abdou e Shane Lowry, além do zagueiro Karleigh Osborne. Pelo lado dos Eagles, Jonathan Williams e Paddy McCarthy, ambos machucados, seguem fora dos planos de Dougie Freedman.

*A ESPN Brasil promete transmitir Sheffield Wednesday x Leeds nesta sexta (19), às 15:30, horário de Brasília.

Clique aqui e confira o horário de todas as partidas deste fim de semana

Times da semana: 6 de Outubro

por João Pedro Almeida dia quinta-feira, 18 de outubro de 2012 às 21:57

Como de costume, a Football League, em conjunto com a Press Association, divulga a cada semana um time ideal dos jogadores que mais se destacaram durante a última rodada nas três divisões. Confira, abaixo, os jogadores eleitos pela entidade: 

Na Championship, o equilíbrio predominou: dos onze jogadores, dez eram de times diferentes. A única equipe a emplacar mais de um jogador foi o Milwall, representado pelo defensor Daniel Shittu e pelo atacante Darius Henderson, o autor dos dois gols da sofrida vitória sobre o Bolton. Outro destaque no selecionado foi o winger Wilfried Zaha, que também marcou dois tentos, só que na virada do Crystal Palace sobre o Burnley.


Clique na imagem para ampliar

 Já na League 1, o equilíbrio existiu, mas não de forma tão acentuada. Três times tiveram dois jogadores representando os clubes na seleção: o Yeovil, após vitória por 3 a 1 sobre o Colchester, emplacou Sam Folley e Paddy Madden, o Sheffield United, que teve Tony McMahon e Kevin McDonald representando o clube após o 1 a 0 fora de casa diante do Leyton Orient, e, por fim, o Doncaster, que bateu o Shrewsbury e teve James Husband e David Cotterill.


Clique na imagem para ampliar

A rodada na League 2 foi diferente. A seleção teve um grande "vencedor": o Port Vale teve três representantes após bater o Exeter por 2 a 0 fora de casa: o artilheiro Tom Pope, autor dos dois gols, o meia Sam Morsy, que teve bela atuação no meio de campo e o goleiro Chris Neal, que foi muito bem e tornou-se o segundo goleiro a passar invicto contra o Exeter nesta temporada. Outro time que mereceu destaque foi o Dagenham & Red, que teve dois representantes após a excelente vitória por 4 a 3 sobre o Bradford: Luke Wilkinson e Michael Spillane.


Clique na imagem para ampliar



Tranmere vence mais uma e abre sete pontos de vantagem na liderança

por Lucas Leite dia segunda-feira, 15 de outubro de 2012 às 23:38

Eddie Howe reestreou com o pé direito (Reprodução/Daily Mail)
Neste fim de semana, a bola rolou pela décima-segunda rodada da League One e o que se viu foi mais uma vitória do Tranmere. Destaque também para as vitórias do Notts County e do Bournemouth, que começa a enxergar uma luz no fim do túnel.

Em Prenton Park, o Tranmere mostrou poder de reação para, após estar perdendo por dois gols, virar a peleja contra o Yeovil e aumentar ainda mais sua vantagem na ponta da tabela. Paddy Madden e Sam Foley precisaram de apenas 30 minutos para deixar os Glovers em vantagem, mas James Wallace, Jake Cassidy e Danny Holmes mantiveram a invencibilidade dos comandados de Ronnie Moore.

Determinado a se recuperar da derrota no último fim de semana, o Notts County visitou o Carlisle e não tomou conhecimento do adversário. Jeff Hughes, Neil Bishop, François Zoko e Jamal Campbell-Ryce, em cobrança de pênalti, asseguraram a 13ª vitória seguida dos Magpies fora de casa.

Na reestreia do técnico Eddie Howe, o Bournemouth recebeu o Leyton Orient e venceu sua primeira partida em casa nesta temporada para deixar a zona de rebaixamento. Lewis Grabban e Marc Pugh, ambos na etapa complementar, garantiram os três pontos aos Cherries.

Confira, abaixo, todos os resultados da 12ª rodada da League One:

Bournemouth 2-0 Leyton Orient
Carlisle 0-4 Notts County
Colchester 1-0 Stevenage
Crawley 3-2 Bury
Hartlepool 1-1 Doncaster
Portsmouth 2-0 Crewe
Scunthorpe 1-1 Brentford
Sheffield United 1-1 Oldham
Swindon 2-2 Coventry
Tranmere 3-2 Yeovil
Preston 0-0 MK Dons
Shrewsbury 1-0 Walsall

Gillingham e Por Vale venceram. Em outras palavras, tudo ficou na mesma

por Gilmar Siqueira dia às 19:59

Britt Assombalonga.

A décima segunda rodada da League Two começou no sábado (13) com grande parte dos jogos e terminou só na segunda-feira (15) com a vitória do Port Vale sobre o Oxford Utd. O Gillingham deixou o Aldershot na vice-lanterna com a goleada (4x0). No duelo direto por uma vaga nos play-offs, o Southend bateu o Rotherham com certa facilidade.

Em um jogo para se consolidar na liderança e fazer saldo, o Gillingham recebeu o Aldershot e nem tomou conhecimento do adversário. É chato usar o clichê "foi 4x0 fora o baile", mas o cenário do jogo foi mais ou menos assim. Aos 11' Charlie Allen marcou seu primeiro gol com a camisa dos Gills. O segundo tento veio aos 27', de pênalti, convertido pelo craque Danny Kedwell. O mesmo Kedwell deu assistência Myles Weston anotar o seu, aos 38'. O placar foi fechado no segundo tempo, quando Chris Whelpdale aproveitou rebote de Findley para deixar o dele.

Apesar da sua estranha queda o Oxford United tem um bom elenco e esperamos que se recupere a cada rodada. Mas também não foi desta vez. Fechando a 12a. rodada o United visitou o Port Vale e tomou 3x0. O primeiro gol foi dele, Tom Pope (sempre ele!), aos 31' do primeiro tempo. Os outros dois vieram na etapa complementar, com Ashley Vincent e Sam Morsy.

O Southend ainda não está no "top 7", mas chegou bem perto depois de vencer o Rotherham United neste fim de semana. Só para variar um pouco, os Shrimpers podem colocar grande parte da responsabilidade desta vitória nas costas de Assombalonga. Se o primeiro tempo foi extremamente monótono e terminou 0x0, o segundo foi muito diferente. Os comandados de Paul Sturrock partiram para cima e saíram na frente aos 6 minutos. Nem é preciso dizer que Assombalonga marcou. Foi dele também o segundo tento, aos 20'. Acreditem se quiser, mas o terceiro e último gol dos Blues começou com Assombalonga. Ele chutou de fora da área, a bola bateu no travessão e sobrou para David Martin, que não desperdiçou.

Confiram os demais resultados da 12a. rodada da Championship:

Torquay 3x1 Accrington
Rochdale 1x2 Morecambe
Northampton 3x0 Exeter
Fleetwood 0x1 Wycombe
Chesterfield 1x2 Dag & Red
Burton Albion 1x1 Bristol Rovers
Bradford 1x1 York
Barnet 1x4 Plymouth
Wimbledon 1x2 Cheltenham.

Bournemouth e Barnet anunciam mudanças no comando técnico

por Lucas Leite dia sábado, 13 de outubro de 2012 às 16:22

Davids e Robson (C) dirigirão o Barnet em conjunto (Reprodução/Barnet)
A dança dos técnicos continua nas divisões inferiores da Inglaterra. Uma semana após anunciar a demissão de Paul Groves, o Bournemouth correu atrás de um velho conhecido para ocupar o cargo deixado pelo britânico. A grande surpresa do fim de semana, contudo, foi a contratação do lendário Edgar Davids, que acumulará as funções de jogador e treinador no Barnet.

No sul da Inglaterra, o Bournemouth tornou verdadeira as especulações e, após acertar uma compensação financeira com o Burnley, confirmou o retorno de Eddie Howe a Dean Court. O treinador de 34 anos, que tem um promoção à League One com os Cherries em seu currículo, retorna dois após ter acertado, de forma amigável, sua ida para Turf Moor. Nos Clarets, o nome mais provável para substituir Howe é o de Owen Coyle, demitido do Bolton na última terça-feira.

Enquanto isso, em Underhill, o Barnet deposita suas fichas no experiente Edgar Davids para deixar a lanterna da League Two. Depois de uma passagem apagada pelo Crystal Palace em 2010, o holandês, que já havia anunciado sua aposentadoria no mesmo ano, retorna a Londres para ocupar as funções treinador - ao lado de Mark Robson - e jogador nos Bees. "Estou muito animado com esse desafio e feliz por poder compartilhar meus conhecimentos e experiências com o Barnet Football Club" - revelou o ex-volante de Ajax, Juventus, Barcelona, entre outros.

Football League Preview: 13 e 14 de outubro

por Gilmar Siqueira dia sexta-feira, 12 de outubro de 2012 às 22:41

Martin Allen.

Neste feriado temos data FIFA com as eliminatórias para a Copa de 2014. Portanto, não haverá rodada da Championship. Por outro lado, na League One e na League Two a bola irá rolar normalmente. E o Football League Brasil, como sempre, falará sobre os duelos que merecem maior destaque.

Na League One teremos o reencontro do técnico Richie Barker com seu ex-clube, o Bury. Barker, que agora comanda o Crawley, está preocupado porque os Red Devils perderam quatro de seus últimos seis jogos em todas as competições. Mas nada se compara ao atual momento do Bury, que ainda não venceu na atual temporada. Seu primeiro triunfo veio ao bater o Rochdale, nos pênaltis, pelo JPT. Sobre a partida o treinador Kevin Blackwell disse o seguinte: "Vai ser um jogo difícil, com certeza. Eles estão onde estão por méritos, mas temos que ser inteligentes e obtermos o resultado que queremos".

O líder Tranmere segue imparável. Os Rovers estão invictos há 11 jogos e conquistaram 27 pontos de 33 possíveis. Ronnie Moore, que foi eleito o melhor treinador do mês pela segunda vez consecutiva, disse que o "Yeovil tem bons jogadores e um belo ritmo de jogo, então temos que ter certeza de que quando estamos atacando nossa meta esteja sendo bem protegida". Os comandados de Gary Johnson começaram a campanha com 3 vitórias e um empate, mas isso precedeu uma marca de seis derrotas consecutivas. O cenário só mudou um pouco após a vitória de semana passada sobre o Colchester (3x1).

Visando ampliar sua vantagem sobre o Port Vale, o líder da League Two, Gillingham, receberá o Aldershot Town. Os Gills, que vem de um empate (0x0) contra o Oxford Utd, buscarão reencontrar o caminho do gol. Para o treinador Martin Allen "este é um momento emocionante mas não crucial, onde uma boa vantagem pode ser construída." O momento vivenciado pelo Aldershot é um pouco mais complicado. Os Shots perderam seus últimos 4 jogos e estão na vice-lanterna da quarta divisão.

Em um duelo diretíssimo por uma vaga nos play-offs, Rotherham e Southend se encontrarão no recém-inaugurado New York Stadium. Os Shrimpers vêm mostrando sua já tradicional inconstância. Começaram bem a temporada mas já caíram. Prova disso foi que na rodada passada empataram com o lanterna Barnet. O Rotherham perdeu apenas uma vez em casa nesta campanha e sofreu um gol nos últimos três jogos. Ademais, o suspenso Steve Evans deverá contar com o atacante Daniel Nardiello para a partida.

Após início fraco, Owen Coyle é demitido do Bolton

por Lucas Leite dia terça-feira, 9 de outubro de 2012 às 15:29

O treinador estava no clube desde 2010 (Reprodução/Team Talk)
Não deu. Depois de um início turbulento na Championship (competição que os Trotters não disputavam há 11 anos), com apenas três vitórias em 10 jogos, Owen Coyle encerrou seu ciclo no Bolton após mais de dois anos.

O treinador de 46 anos assumiu o clube seis meses após conquista o acesso à Premier League com o Burnley e colocou em seu currículo uma semi-final da FA Cup na temporada passada.

Em nota oficial, o Phil Gartside revelou achar que essa "era a hora certa para mudar", mas reconheceu ao esforços do comandante. "Owen colocou sua alma e coração no trabalho, dentro e fora de campo, e eu o agradeço sinceramente por isso" - completou.

Enquanto um substituto não é contratado - Micky McCarthy, ex-Wolverhampton, e Roy Keane, ex-Sunderland e Ipswich, são os mais cotados - o técnico das categorias de base, Jimmy Phillips, e seu assistente, Sammy Lee, assumem o Bolton interinamente.

Graças a Helguson o Cardiff manteve a liderança

por Gilmar Siqueira dia domingo, 7 de outubro de 2012 às 22:48


Na décima rodada da Championship, o Cardiff entrou em campo pressionado mas contou com um inspirado Heidar Helguson para vencer o Ipswich e seguir na ponta. O Leicester não encontrou dificuldades para bater o Bristol City e é o segundo colocado. Confirmando sua incrível recuperação o Crystal Palace venceu o Burnley e está na quarta posição.

Sabendo da vitória do Leicester sobre o Bristol City, o Cardiff duelou contra um Ipswich mais atrevido do que de costume. Prova disso foi que, aos 45' do primeiro tempo, os Tractor Boys abriram o placar com um gol marcado -com a mão- por DJ Campbell. Na segunda etapa tudo mudou e o time de Malky Mackay partiu para cima. O empate veio aos 18', quando Conway errou um chute e a bola sobrou para Heidar Helguson marcar. Seu segundo tento, que deu a vitória ao Cardiff, saiu a falta de dois minutos para o fim da partida.

O jogo do Leicester não foi tão emocionante assim. Os Foxes dominaram o adversário e não encontraram quaisquer dificuldades. O primeiro gol foi marcado por Nugent aos 19 minutos do primeiro tempo, aproveitando ótimo passe de Jamie Vardy. O tento final veio aos 29' da etapa derradeira, quando Richard Foster tentou salvar mas acabou mandando a bola contra seu próprio patrimônio. Foi a quinta vitória consecutiva do Leicester e a quarta derrota do Bristol City.

O Crystal Palace começou a temporada como um dos grandes candidatos ao rebaixamento, perdeu seus primeiros jogos e agora está na quarta colocação. Confirmando este bom momento o time de Dougie Freedman recebeu o Burnley e venceu de virada. Os Clarets abriram 2x0 com menos de 30 minutos graças aos tentos de Chris McCann e Martin Paterson. Wilfried Zaha descontou para os locais aos 41'. No segundo tempo a coisa foi bem diferente e logo aos 8' o mesmo Zaha empatou. A virada aconteceu aos 21', com Damien Delaney. Aos 30' foi a vez de Glenn Murray anotar o quarto. Faltando 9' para o fim Charlie Austin descontou mas já era um pouco tarde.

Confiram os demais resultados da décima rodada da Championship:

Watford 1x2 Middlesbrough
Sheffield Wednesday 0x1 Hull
Peterborough 0x1 Nottm Forest
Millwall 2x1 Bolton
Leeds 1x0 Barnsley
Derby 0x0 Brighton
Blackpool 0x2 Charlton
Blackburn 0x1 Wolves
Birmingham 0x1 Ipswich.

 
 
 

Blog Archive

Arquivo do blog